Mãe de dublê morto em The Walking Dead abre processo contra emissora

Imagem: IMDB/AMC (Mirror)/Divulgação

Continua após as recomendações

A mãe do dublê morto nos sets de The Walking Dead acaba de processar a AMC.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a mãe do dublê John Bernecker entrou com um processo contra a AMC nesta terça (23). O processo é direto contra a emissora, e outras partes envolvidas na produção de The Walking Dead.

O processo alega que a AMC “orquestrou e aplicou um formato de produção barato“, tendo o corte de orçamento contribuído para que o acidente ocorresse.

Continua após a publicidade

John Bernecker morreu no dia 12 de julho, após cair de uma altura de mais 20 pés. Em recente entrevista, a mãe do dublê alegou que acidentes nos sets são “comuns”, e que as produções “omitem muitos casos”.

Se você tirar a palavra ‘sexo’ e colocar ‘segurança’, é a mesma coisa“, disse ela ao Deadline. “Isso é paralelo na minha mente. Existem as mesmas pressões e os mesmos riscos, ao se falar de assédio sexual e segurança no trabalho“, disse ela na ocasião.

As pessoas têm medo de falar porque têm medo de que nunca mais voltem a trabalhar ou que sejam chamadas a atenção“, completou.

Vale lembrar que este não é o único processo que a AMC e The Walking Dead estão enfrentando. O ex-showrunner, Frank Darabont, entrou com processo na semana passada contra a produção da série, alegando que a AMC o deve 280 milhões de dólares, referentes a pagamentos não realizados.

A AMC comentou o caso de Darabont, dizendo que sempre respeitou o pagamento de seus funcionários. Já sobre o processo aberto pela mãe de Bernecker, ainda não se posicionou.

De qualquer forma, a emissora já anunciou a renovação da série para a nona temporada, e já está negociando contrato com suas principais estrelas.

Nenhum comentário

Adicione o seu