Máquina Mortífera: a briga de bastidores que cancelou a série

Briga de bastidores que cancelou Maquina Mortifera
Continua após publicidade

Máquina Mortífera encerrou sua curta trajetória por problemas nos bastidores

Máquina Mortífera (Lethal Weapon) foi uma série original do canal CBS que, inicialmente, foi um sucesso estrondoso. Pegando carona no legado da franquia de filmes que fez muito sucesso nos anos 1980, a série, assim como Hawaii Five-0 ou Magnum PI, resgatava a essência de uma história que deu muito certo previamente.

Continua após publicidade

Tanto que, diante da primeira temporada, a série foi rapidamente renovada e repercutiu positivamente entre os fãs.

No entanto, durante o segundo ano, alguns problemas de bastidores começaram a ser expostos. E isso foi um fator decisivo para, um ano depois, acabar cancelando a série.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Os conflitos

O problema da série começou quando a Warner Bros., produtora, resolveu demitir Clayne Crawford, que interpretava o personagem, previamente de Mel Gibson, Martin Riggs.

Isso aconteceu depois que um Crawford causou uma série de eventos polêmicos nos bastidores. O primeiro deles envolveu ele perdendo a paciência no set por causa do que ele descobriu ser condições de trabalho inseguras.

Continua após publicidade

Como o Mix de Séries apontou na época, em matéria exclusiva, Crawford disse que no primeiro incidente, ocorrido em 2018, ele “reagiu com raiva sobre as condições de trabalho que não se sentiam seguras ou favoráveis a um bom trabalho”, provocando uma resposta furiosa do diretor e diretor-assistente do episódio que eles filmavam.

Continua após publicidade

Crawford disse que, seguindo instruções da Warner Bros. Television, produtora da série, ele completou a terapia e dividiu parte de seu pagamento do episódio com uma das partes envolvidas.

Continua após publicidade

Mas, infelizmente, outra discussão acalorada ocorreria durante uma situação semelhante. Só que dessa vez, com o colega de elenco, Damon Wayans.

Continua após publicidade
Máquina Mortífera briga de bastidores
Imagem: Divulgação.

Conflitos pioraram

Antes da situação ser toda exposta para o público, outro incidente com Crawford nos bastidores, envolvendo mais um diretor aconteceu. E ele, novamente, havia explodido.

Continua após publicidade

Então, a Warner Bros. confirmou um anúncio, demitindo o ator da atração.

Pouco tempo depois, no entanto, fontes dos bastidores revelaram as discussões entre os dois protagonistas da série.

Uma matéria da Variety, aliás, chegou a publicar um áudio contendo os insultos que ambos trocaram.

Enquanto Crawford chamou Wayans de “mulherzinha”, o interprete de Murtaugh usou palavrões explícitos. E, a partir daí, a briga teria se tornado até mesmo física.

Em outro momento, Clayne estava dirigindo uma cena tensa de um dos episódios de Máquina Mortífera, quando ele percebe que há um barulho atrapalhando-o. Ele, então, começa a surtar com a produção, pedindo com palavrões que eles “calassem a boca”.

Interprete de Riggs disse que Wayans mentiu

O ator Clayne Crawford, em entrevista a um podcast, afirmou que o ex-colega de elenco, Damon Wayans, teria mentindo em acusações feitas a ele. Tais acusações acabaram custando o emprego de Crawford, que foi substituído para a terceira temporada.

Na época, o ator que interpretava Roger Murtaugh teria incentivado diversos membros da equipe a fazerem denúncias de mal comportamento contra Crawford.

Ele disse muitas mentiras descaradas“, destacou o ator, comentando sobre as acusações de Wayans sobre o seu comportamento nos sets. Crawford explicou que as discussões ocorreram em um dos episódios que ele dirigiu e, após muitas horas de trabalho, pessoas próximas ao set estavam atrapalhando as gravações.

Claro que depois eu me senti envergonhado. Mas estávamos tão atrasados e tínhamos de filmar. E havia muito barulho, a ponto de realmente atrapalhar. Naquele dia, paramos a produção mais de sete vezes, para tentar concluir uma cena. Mas ninguém ajudou.“, destacou ele.

Imagem: Divulgação.

A derrocada até a terceira – e última temporada

Nunca ficou claro qual lado da história estava certo, embora a Warner tenha demitido Crawford. E isso quase custou a renovação da série, que acabou voltando para uma terceira temporada.

Para substitui-lo, a Warner contratou Sean William Scott, que interpretou o personagem Wesley Cole. As gravações da terceira temporada foram acontecendo, enquanto a audiência caía a cada episódio.

Mas, infelizmente, antes do estúdio dar qualquer posição, Damon Wayans deixou claro que não iria continuar com a série após a terceira temporada.

O motivo? O ator diabético de 58 anos informou à produção que sua saúde era uma preocupação. E isso exigiu mudanças na produção para acomodar o ator e mantê-lo a bordo. Mas tudo foi em vão.

Então, com um protagonista que foi demitido, e outro que possivelmente a deixaria, a Warner Bros preferiu intervir e, com isso, cancelou Máquina Mortífera.

De qualquer forma, muitos fãs concordaram que a série não foi mais a mesma desde a saída de Riggs. Imagine, então, se ela também ficasse sem Murtaugh? Talvez, tenha sido realmente a melhor decisão.

Aqui no Brasil, a série teve exibições na Warner Channel, Rede Globo e, ainda, foi lançada em DVD.

E então, você era fã de Máquina Mortífera? Sabia dessa história? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.