Netflix quer ampliar e, agora, investir na área de games

Netflix games

Netflix já dominou o mundo? Pense de novo

De acordo com a da The Information, a Netflix está em busca de um executivo para liderar sua expansão na indústria dos games.

Continua após publicidade

A procura sinaliza que a empresa quer diversificar sua oferta além do streaming. Principalmente num momento que toda a indústria busca formas de competir com a companhia. Seja lançando suas próprias plataformas ou ofertando orçamentos grandiosos para produção de conteúdo. O interesse da empresa em video games, contudo, não é uma surpresa.

Há alguns meses, quando a Netflix começou a lidar com seus primeiros concorrentes, o CEO, Reed Hastings, foi bastante claro em dizer que a maior competição da empresa não era a Prime Video ou a Disney+, mas sim Fortnite, um dos jogos mais populares do mundo, lançado pela Epic Games em 2011.

Continua após publicidade

É importante lembrar ainda que não só as plataformas digitais tiveram sucesso em 2020 por causa da pandemia. A indústria dos games foi uma das poucas que viu sua receita aumentar de forma impressionante com a COVID-19. Com as pessoas em casa, cresceu a disposição não só para gastar com jogos, mas também passar horas em frente a TV ou ao computador jogando.

Black Mirror - Bandersnatch, Netflix
Imagem: Netflix/Divulgação

Necessidade de diversificar

Analistas de mercado acreditam que, embora a empresa tenha surpreendido no passado, ela se aproxima da saturação no mercado doméstico. Ou seja, não há mais assinaturas em potencial nos Estados Unidos pra promover crescimento. É possível que a Netflix adicione 50 mil ou 40 mil novas assinaturas no próximo trimestre, mas longe, muito longe, daqueles milhões do início.

Além disso, está cada vez mais difícil competir mundo a fora. Na China não é possível sequer operar. Enquanto na Índia, a competição vem crescendo de forma acelerada. Além da Prime Video e Disney+ Hotstar, há diversos serviços de streamings locais que dificultam qualquer plano de expansão. No mesmo sentido, a concorrência segue crescendo na Europa e América Latina.

Continua após publicidade
Você Radical, Netflix
Imagem: Netflix/Divulgação

Possibilidades

Caso a Netflix realmente entre no mercado de games, vale lembrar que não será uma estreia da empresa no que se refere a interatividade. O assinante já foi convidado a decidir a próxima aventura de Bear Grylls em Você Radical. Assim como Black Mirror: Bandersnatch. Outro ponto positivo: as possibilidades.

Apesar de já ter licenciado personagens de La Casa de Papel e Stranger Things para video games terceiros, a empresa possui uma infinidade de títulos que poderiam ser jogos. O recém lançado Army of the Dead: Invasão em Las Vegas, um dos filmes mais populares do mundo neste momento, seria facilmente transformado num vídeo game bem como Lupin.

Além disso, é importante lembrar que, assim como no streaming, a Netflix não pretende colocar anúncios na eventual plataforma de games. A ideia seria lançar algo similar ao que a Apple tem com a Apple Arcade.

Continua após publicidade

E então, o que acha da ideia? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

Meu nome é Bernardo Vieira, sou catarinense e tenho 24 anos. Sou bacharel em direito, jornalista e empreendedor digital. Escrevo no Mix de Séries desde janeiro de 2016. Sou responsável pelas colunas de audiência e Spoiler Alert, além de cuidar da editoria de premiações e participar da pauta de notícias. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.