Oscar 2019: quem vai vencer a maior festa do cinema?

Imagem: Netflix/Fox/Warner

Melhor Filme

Quem vence: Roma
Quem merece: Roma
Quem pode vencer: Blackkklansman ou Green Book ou A Favorita ou…

Continua após a publicidade

Em um dos anos mais fracos da história recente do Oscar, não há favoritos de verdade. 2018 foi tão estranho e abaixo da média que não há sequer um filme que tenha dominado as principais premiações que antecedem o Oscar. Roma conquistou a crítica, mas os sindicatos se dividiram.

Green Book levou o sindicato dos Produtores, um dos mais importantes e certeiros na previsão. O filme, contudo, não teve indicação a Melhor Direção, o que diminui suas chances na corrida principal. Muitos dirão que Argo venceu sem ter Ben Affleck indicado. A diferença é que Argo venceu todas as premiações daquele ano; além disso, foi uma anomalia, algo que raramente acontece. Green Book, entretanto, não pode ser descartado: foi indicado a Roteiro, Edição e duas categorias de atuação, o que lhe eleva no ranking. Além disso, é o filme com maior cara de Oscar. Uma década atrás, teria levado o Oscar com a maior facilidade do mundo.

Blackkklansman é o filme que carrega o peso de uma carreira, além de ser o longa mais importante sob o aspecto social. Suas grandes forças residem no fato de que Spike Lee foi esnobado pela Academia por anos. O projeto deve levar o prêmio de Roteiro Adaptado, feito que o eleva na corrida. Além disso, pode surpreender na categoria de direção. Então escreva: se Infiltrado na Klan levar os prêmios de Edição e Roteiro, ou mesmo o de Roteiro e Direção, é bem possível que também leve a estatueta de Melhor Filme. Foi indicado ao SAG (grande fator) e é uma obra que todos prestigiam.

A Favorita deve levar os prêmios de Roteiro, Figurino e, talvez, Atriz Coadjuvante. O fato de ser um dos filmes com chances de levar a maior quantidade de estatuetas o coloca em boa posição na corrida. É muito estranho para o paladar da Academia e do grande público, o que pode lhe prejudicar.

Todavia,

E tem mais? Tem!

Vice deve levar o prêmio de Edição (um dos mais importantes da premiação!), Maquiagem e ainda pode garantir um segundo Oscar a Christian Bale. Isso o qualificaria à estatueta principal. O longa, contudo, teve carreira conturbada entre a crítica, dividindo o público. É muito político e muito porra louca para ser o maior vencedor da festa.

Nasce uma Estrela teve uma das quedas mais vertiginosas que se tem notícia em uma campanha para o Oscar. O filme foi de favorito a completo azarão, ficando atrás de filmes como Vice. Deve sair da festa com apenas uma estatueta – a de canção. A Academia mostrou não gostar tanto assim do filme. É uma dica que eles nos deram: não aposte seu dinheiro no longa de Bradley Cooper.

Pantera Negra fez o seu papel: lucrou muita grana e foi indicado ao Oscar de Melhor Filme. Já está muito – mas muito – mais do que o suficiente. Não foi indicado a Direção, Roteiro, Edição ou qualquer uma de atuação.

Bohemian Rhapsody. O pior filme indicado ao Oscar em anos – não, décadas! – deve sair com um injusto prêmio de Melhor Ator. Espero que nada mais.

Roma é o favorito. Alguns pontos, entretanto, tornam a aposta menos segura. Primeiro: é um filme em preto e branco, falado em espanhol e lançado por uma plataforma de streaming. É o favorito ao Oscar de Filme Estrangeiro, o que pode lhe roubar votos na principal. Além disso, não foi indicado a Melhor Edição, categoria primordial na disputa. São empecilhos grandes, mas que talvez sejam menores que o amor dos votantes pela encantadora história de Alfonso Cuarón.

Além disso

Melhor Direção

Quem vence: Alfonso Cuarón, Roma
Quem merece: Alfonso Cuarón, Roma
Quem pode vencer: Spike Lee, Infiltrado na Klan

Cuarón é o franco favorito. Duas coisas podem prejudicá-lo: o fato de já ter vencido recentemente (em 2012, por Gravidade) e o fato de Spike Lee – ou qualquer outro diretor negro – nunca ter vencido o Oscar. A Academia não deve ligar para a vitória recente e achar que o prêmio de Roteiro já é o suficiente para Lee. Isso já deve garantir uma vitória tranquila ao mexicano.

Sendo assim

Além disso,

Melhor Ator

Quem vence: Rami Malek, Bohemian Rhapsody
Quem merece: Bradley Cooper, Nasce uma Estrela
Quem pode vencer: Christian Bale, Vice

Malek é o grande favorito, apesar de o filme ser um fiasco e muitos votantes já terem admitido que nem gostam tanto do longa. O ator fez uma grande campanha e o papel é o ideal para um prêmio. É uma pena, pois Bohemian é péssimo e sua atuação nem é tão boa. Bale pode levar, mas quem merece mesmo é Cooper, que escreveu, dirigiu, cantou e ainda produziu Nasce uma Estrela.

Todavia

Melhor Atriz

Quem vence: Glenn Close, A Esposa
Quem merece: Lady Gaga, Nasce uma Estrela
Quem pode vencer: Olivia Colman, A Favorita

Este parece um daqueles Oscar que se entrega pelo conjunto da obra. A atuação de Close é incrível e o filme, A Esposa, muito bom. Ainda assim, não é aquela atuação avassaladora da qual todos falam. É Lady Gaga que tem a performance mais potente do ano, mas sua queda foi tão grande quanto a de seu filme. De favorita, Gaga agora precisa bater pelo menos duas concorrentes. De todo modo, 2018 parece o momento ideal para se homenagear uma atriz do calibre de Glenn Close.

Contudo,

Melhor Ator Coadjuvante

Quem vence: Mahershala Ali, Green Book
Quem merece: Ali ou Sam Elliott, Nasce uma Estrela
Quem pode vencer: Richard E. Grant, Poderia me perdoar?

O erro clássico da Academia: premiar um ator cedo demais e por uma atuação menor. Foi o que aconteceu com Mahershala Ali. O ator levou a estatueta há dois anos por Moonlight. O filme é incrível, assim como sua atuação, mas é verdade que o ator pouco aparece na trama, e não tem nenhum grande momento que valesse aquele prêmio. Dois anos depois, o sujeito volta à premiação, agora realmente merecedor. Levará o segundo Oscar em período curtíssimo de tempo, enquanto outros grandes nomes do cinema (como Sam Elliott, por exemplo) não possuem nenhum.

Contudo,

Melhor Atriz Coadjuvante

Quem vence: Regina King, Se a Rua Beale Falasse
Quem merece: Regina King, Se a Rua Beale Falasse
Quem pode vencer: Racel Weisz, A Favorita

Regina King é uma das grandes forças de Se a Rua Beale Falasse, e apesar de ter sido esnobada no SAG, sua trajetória na corrida pelo Oscar foi notável. Para completar, é a chance do Oscar de premiar dois atores negros em um só ano, provando que adotou um novo olhar.

Além disso

Melhor Roteiro Original

Quem vence: A Favorita
Quem merece: First Reformed
Quem pode vencer: Green Book

Este deve ser o maior prêmio de A Favorita. E será merecido. Ainda que não possua uma ideia mirabolante ou mesmo original, o texto é calcado no desenvolvimento de personagens e diálogos. O maior concorrente é Green Book, com muitas chances. Caso vença aqui, o longa de Peter Farrelly pode até mesmo levar o prêmio principal. A Academia pode ainda querer homenagear um dos grandes nomes do cinema, Paul Schrader, roteirista e diretor de First Reformed.

Todavia

Melhor Roteiro Adaptado

Quem vence: Infiltrado na Klan
Quem merece: Infiltrado na Klan
Quem pode vencer: Nasce uma Estrela ou Poderia me Perdoar?

É uma das chances de premiar um filme prestigiado e um cineasta respeitado de uma só vez. Como dito anteriormente, uma vitória de Klan aqui pode pavimentar uma vitória maior na categoria principal. Para completar, Klan é o que tem melhor roteiro dentre os indicados, o que torna a decisão mais fácil.

Além disso

Melhor Animação

Quem vence: Homem Aranha no Aranhaverso
Quem merece: Homem Aranha no Aranhaverso
Quem pode vencer: Os Incríveis 2

Este é o ano de Aranhaverso, que chegou tarde na corrida, depois que Os Incríveis 2 já era favorito. Agora, parece que não tem pra ninguém, e o Homem Aranha deve levar seu Oscar para casa. De todos modo, qualquer outro indicado merece a vitória.

Sendo assim

Melhor Filme Estrangeiro

Quem vence: Roma
Quem merece: Roma
Quem pode vencer: Guerra Fria

A situação aqui é complicada. Roma é favorito na categoria principal, o que o coloca na frente pela estatueta de Filme Estrangeiro. Muitos podem achar que o Oscar principal já vale muito, e para não criar uma anomalia (o mesmo filme vencendo categorias de Melhor Filme), os votantes pode dar Estrangeiro para Guerra Fria. Ou então a Academia decide que a estatueta de Estrangeiro já é o bastante para Roma. De todo modo, é uma categoria bem menos definida do que se acredita.

Ademais

Melhor Documentário

Quem vence: Free Solo
Quem merece: Minding the Gap
Quem pode vencer: RBG

Free Solo é um filme bacana, mas falta muito para ser o Melhor Documentário do ano. Outros dois grandes projetos, Won’t you be my neighbor? Three Identical Strangers, sequer foram indicados, o que torna a previsão difícil. A Academia costuma surpreender na categoria, então tudo é possível. RBG, por exemplo, é um filme político sobre uma figura importante, enquanto Minding the Gap, o merecedor, possui uma bela narrativa.

Certamente

Melhor Fotografia

Quem vence: Roma
Quem merece: Roma
Quem pode vencer: Guerra Fria

Roma precisa vencer este prêmio por dois motivos: primeiro porque é o melhor dentre os indicados e segundo porque, caso perca, sua corrida na categoria principal fica afetada. Isso porque o filme não deve dominar as categorias técnicas, e caso perca Fotografia, uma de suas maiores forças, é sinal de que a Academia não gostou tanto do longa de Cuarón.

Enquanto isso,

Melhor Edição

Quem vence: Vice
Quem merece: Vice
Quem pode vencer: Bohemian Rhapsody

Uma das categoria mais importantes do Oscar deve ir para um filme que não deve vencer na principal. Vice é o favorito e merecedor, mas Bohemian pode surpreender, mesmo que sua edição seja uma das coisas mais abomináveis do cinema em 2018. A vitória de Vice aqui e em outras categorias poderia colocá-lo na dianteira na categoria de Melhor Filme, mas isso não vai acontecer.

Contudo,

Melhor Trilha Sonora

Quem vence: Se a Rua Beale Falasse
Quem merece: O Primeiro Homem, que sequer foi indicado.
Quem pode vencer: Pantera Negra

A atitude criminosa da Academia ao ignorar a trilha de O Primeiro Homem abriu caminho para a trilha de Beale Street. Pantera Negra pode surpreender, assim como Infiltrado na Klan. Novamente, fique atento: se a Academia premiar o longa de Spike Lee, é sinal que o filme pode ganhar mais coisas na noite.

Além disso,

Melhor Figurino

Quem vence: Pantera Negra
Quem merece: A Favorita
Quem pode vencer: A Favorita

Os figurinos de A Favorita contam uma história em si. Não são apenas roupas luxuosas. Elas ajudam no avanço da narrativa e no desenvolvimento das personagens. Perceba o jogo de cores entre branco e preto, e como a cor de uma personagem começa a afetar a outra, com as cores se mesclando, invertendo e criando uma bela lógica visual. Este trabalho genial, entretanto, deve ser ignorado, já que Pantera Negra deve levar seu prêmio de consolação aqui.

posteriormente,

Melhor Direção de Arte

Quem vence: A Favorita
Quem merece: Roma
Quem pode vencer: Pantera Negra ou Roma

Outra briga entre Favorita Pantera. O primeiro sai na frente, mas o segundo pode levar votos por ser um trabalho mais inovador. A Academia pode pensar que já premiou filmes de época o suficiente. Quem merece, contudo, é Roma, que pode surpreender. A recriação da cidade mexicana na década de setenta é primorosa. Vai depender do amor dos votantes pelo filme.

todavia,

Melhor Canção

Quem vence: Shallow, Nasce uma Estrela
Quem merece: Shallow, Nasce uma Estrela
Quem pode vencer: Shallow, Nasce uma Estrela

Shallow, Nasce uma Estrela. De novo, caso você não tenha entendido: Shallow, Nasce uma Estrela.

Entretanto,

Além disso,

Melhores Efeitos Visuais

Quem vence: Avengers: Infinity War
Quem merece: O Primeiro Homem ou Christopher Robin
Quem pode vencer: O Primeiro Homem

Os efeitos de Guerra Infinita são primorosos, mas são “apenas” uma melhoria do que a Marvel já vem desenvolvendo em uma porção de outros filmes. Os efeitos de O Primeiro Homem, entretanto, inovam, numa mistura impressionante de CGI com efeitos práticos. Esta é a melhor característica dos efeitos visuais: serem tão bons e orgânicos que mal podem ser percebidos. Christopher Robin é outro que faz um belíssimo trabalho ao mesclar ambientes reais com criações totalmente virtuais.

Além disso,

Melhor Edição de Som

Quem vence: O Primeiro Homem
Quem merece: Um Lugar Silencioso
Quem pode vencer: Bohemian Rhapsody

Como sempre, é uma categoria difícil de prever. Um Lugar Silencioso é um filme calcado no uso de som, enquanto O Primeiro Homem capricha nos diversos ruídos que levaram o Homem à lua. Bohemian pode se beneficiar por ser um filme que envolva música, o que sempre ajuda na escolha dos votantes mais indecisos.

Todavia,

Melhor Mixagem de Som

Quem vence: Bohemian Rhapsody
Quem merece: Roma
Quem pode vencer: Nasce uma Estrela

Aqui, sim, Bohemian parece favorita. A mixagem do longa é um elemento forte e o fator musical do projeto pode lhe garantir a estatueta. O mesmo pode acontecer com Nasce uma Estrela, que pode se prejudicar por ter um trabalho mais tímido, ainda que igualmente incrível. É o trabalho de Roma, contudo, que choca pela primazia. Se a Academia realmente amar o longa de Cuarón, esta pode ser mais uma surpresa.

Além disso,

Melhor Maquiagem/Cabelo

Quem vence: Vice
Quem merece: Vice
Quem pode vencer: Border

A Academia já premiou longas como Mary Queen of Scots anteriormente e pode repetir o feito aqui. De todo modo, parece uma estatueta garantida para Vice.

Todavia,

Além disso,

Melhor Curta de Animação

Quem vence: Bao
Quem merece: Animal Behaviour
Quem pode vencer: One Small Step

Aqui deve prevalecer a supremacia da Pixar. É o curta mais conhecido e certamente o mais visto, além de ser tecnicamente irretocável. É uma pena, pois pelo menos três dos outros indicados são melhores. One Small Step também é tecnicamente rico, além de ter uma história tocante. Pode se conectar mais com os corações da Academia.

Entretanto,

Melhor Curta de Documentário

Quem vence: End Game
Quem merece: End Game
Quem pode vencer: Period. End of Sentence.

Muitos apontam a vitória de Period, mas End Game é um curta profundamente emocionante lançado pela Netflix. Assim, foi assistido pela maioria e pode ser facilmente encontrado pelo público. De todo modo, não pode ignorar a força de Period.

Sendo assim,

Melhor Curta de ficção

Quem vence: Marguerite
Quem pode vencer: Skin

A categoria chamou atenção do público depois que uma campanha foi feita para retirar um dos indicados da lista. Detainment, que pode surpreender, conta a história de duas crianças que, juntas, assassinar uma outra criança. Não havia participação ou sequer permissão dos pais para a produção, e a polêmica foi instaurada. O burburinho pode ter feito com que mais votantes procurassem e assistissem o curta.

Leia também: Maratona Oscar 2019 – 7 filmes que você precisa assistir

Além disso,

Todavia,

Além disso,

Matheus Pereira

Matheus Pereira

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.

No comments

Add yours