Rupaul’s Drag Race: 13ª temporada tem dinâmica diferente e primeiro homem trans

Rupaul's Drag Race 13ª temporada
Imagem: VH1 Divulgação

A décima terceira temporada de Rupaul’s Drag Race estreou e promete uma temporada cheia de surpresas

Após treze temporadas, é um obstáculo prender a atenção do espectador ou surpreendê-lo com um algo novo, mas Rupaul’s Drag Race conseguiu. Ao longo das temporadas passadas, algumas mudanças foram sendo feitas para que o público continuasse a assistir o programa. A mais marcante foi alterar o formato da final – iniciado na nona temporada, com quatro participantes que entre elas, iriam dublar pela vitoria.

Continua após publicidade

Entretanto, esse formato já está estabelecido fazem 4 anos e precisávamos de uma nova alteração no formato. E assim foi feito. Na nova temporada de Rupaul’s Drag Race, as participantes assim que entraram no Werk Room, tiveram que dublar em duplas. Logo, elas se dividiram em dois grupos: As vendedoras e as perdedoras. Além do mais, o programa manteve a estratégia de estrear com dois episódios sem eliminar ninguém.

Continua após a publicidade

O que podemos esperar dessa temporada?

Imagem: VH1 Divulgação

Afim de explorar e dar maior visibilidade para o trabalho das queens, todas tiveram que dublar.  Além do mais, foi um oportunidade para público conhecer mais afundo cada uma delas e também, para criar uma atmosfera competitiva entre elas. O que claro, é bom para o programa e também para quem está assistindo. Por consequência, teremos dublagens incríveis, já que essa é uma temporada com nível muito alto.

Continua após publicidade

Ainda sobre o elenco, temos um dos melhores de todos os tempos. Com drags super talentosas e até mesmo, famosa fora da tela, como por exemplo, Rosé, irmã drag de Jan, que estava na última temporada. Além dessa família, ainda temos Symone da casa Avalon, que tem como integrante Gigi Goode, e também Kandy Muse, da casa Aja.

Sob o mesmo ponto de vista, o programa conta com o primeiro homem trans na história do programa, Kade, conhecido como Gottmik. Ele é maquiador e já trabalhou com celebridades como Heidi Klum, Cindy Crawford e alguns ex participantes como Pearl e Willam. Eventualmente, Kade dividiu com as irmãs sobre sua transição e é importante assistir tal conversa na televisão.

Continua após publicidade

Entender que o mundo drag está mudando e é um mundo para todos, sem divisão de gênero. “É muito importante para a Drag Race incluir pessoas trans masculinas porque no passado houve mulheres trans incríveis que abriram caminho e levaram RPDR ao nível inclusivo em que estão agora”, disse Gottmik quando perguntado sobre essa porta que abriu no programa. “Eu sou capaz de entrar e mostrar ao mundo, graças a RuPaul, que Drag é literalmente para todos” conclui.

Esse passo é importante, já que anteriormente tivemos comentários transfóbicos do próprio chefe do programa, Rupaul.

Por que assistir Drag Race?

Além do óbvio, Drag Race é entretenimento, divertido bem como necessário. É um programa para todos aprenderem sobre esse mundo que ainda sofre com tanto preconceito. Também é uma local para que elas se expressem e se posicionem sobre a importância dos diferentes temas que afetam a comunidade LGBTIQ+.

O programa utiliza seu espaço para falar de questões de complexidade global e para sensibilizar o público, que muitas vezes, não enxergam esses problemas sociais. 

A comunidade trans também tem uma grande importância em RPDR, pois o programa tem sido uma vitrine para mostrar que algumas queens – que hoje são mulheres trans, como Sonique, Gia Gun, Carmen Carrera, que sem o programa, talvez não teriam alcançado sucesso em diferentes plataformas de entretenimento e também claro, para abrir espaços para outras transgêneros, assim como Gottmik.

Onde assistir?

Todas as temporadas estão disponíveis na Netflix e você também pode assistir ao All Stars. Então corre, vá conferir esse show incrível e conte para a gente o que acha.

E você, é fã? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.

 

Paulista, jornalista e apaixonada por séries e futebol. Grey's Anatomy é a série da vida, mas também é fã de Spartacus, Supernatural, Vikings, Sons of Anarchy e Friends