Spoiler Alert: Designate Survivor, Sabrina, SVU, Supergirl, Deception e mais

Imagem: Hulu/Divulgação; Netflix/Divulgação; ABC/Divulgação (02)

Diferentemente das semanas anteriores, temos um Spoiler Alert recheado de detalhes indo desde Supergirl, passando por The Originals até chegar em Sabrina. É verdade que grande parte das séries ainda estão de folga para se preservarem das Olimpíadas de Inverno, mas há muito o que se saber. Estão preparados? Então vamos em frente.

 Zorra Total

A morte da primeira dama Alex Kirman (Natascha McElhone) em Desiganted Survivor não apareceu como surpresa, uma vez que a atriz foi escalada no elenco de outra série. Também não é nenhuma novidade que a maneira na qual a personagem saiu vai movimentar a trama, haja vista que ela era bem próxima do Presidente Kirman (Kiefer Sutherland).

De acordo com o TV Guide, assim que a série retornar em 26 de fevereiro, nos Estados Unidos, nós veremos um Presidente bem diferente daquele antes da tragédia. Ele vai falhar na missão de separar vida pessoal da privada. Seu legado ficará ameaçado já que não conseguirá unificar um país dividido e o trabalho daqueles no Salão Oval será uma “bagunça generalizada”.

Continua após a publicidade

Qual nome do gato?

Depois de conhecermos uma certa arte conceitual do que será a nova versão de Sabrina finalmente temos mais informações. O showrunner, Roberto Aguirre-Sacasa, compartilhou no seu twitter a primeira foto do Salem, o gato (abaixo). Além disso, há dois novos personagens que serão escalados para o primeiro ano do drama.

A primeira é Prudence, uma líder, ao melhor estilo Regina George, de um grupo amaldiçoado conhecido como Weird Sisters (as Irmãs Esquisitas). Outro personagem é o Padre Blackwood, que se torna “uma figura opressiva e autoritária na educação dura de Sabrina”.

Felizes Para Sempre

Um dos criadores e showrunners de Once Upon a Time, Eddy Kitsis, nos deu uma ideia de como o tão esperado romance LGBTQ deve acontecer entre Alice e Robin. “Nós vamos ver como se encontram, como se apaixonam… Nós veremos todo o relacionamento. Nós queríamos fazer um pulo temporal e em seguida preencher a segunda parte da temporada,” disse em entrevista para Entertainment Weekly.

Você sai de Gilead, mas ela não sai de você

Moira (Samira Wiley) pode ter escapado para o Canadá no final da primeira temporada de The Handmaid’s Tale. Entretanto, isso não significa que ela está livre de Gilead. Quando o premiado drama retornar para seu segundo ano, nós teremos a oportunidade de descobrir o que ela e Luke (O-T Fagbenle) estão fazendo em Toronto para que consigam encontrar e resgatar June (Elisabeth Moss).

Infelizmente, Moira ainda vai ter que lidar com um turbilhão de emoções do tempo que ainda era uma das criadas. “Parte do tema no segundo ano é que ‘Gilead está dentro de você’,” conta o produtor executivo Warren Littlefield ao TV Guide. “Isso significa que Moira pode ter escapado de Gilead. Mas não saiu dela. Eu penso que isso se torna um dos pontos mais poderosos para muitos dos personagens, mas certamente pra ela, para Luke e para o mundo que conhecermos em Toronto,” completou.

A nova temporada estreia nos Estados Unidos em 25 de abril.

Quem não gosta de um amor?

Para quem está esperando por um amor na vida de Olivia (Mariska Hargitay) em Law & Order: SVU, vai esperar sentado. Porém, vamos por partes. Um dos seus ex-namorados, Brian Cassidy (Dean Winters), está confirmado para retornar. Entretanto, sua participação está limitada a ser suspeito de um crime, o que obviamente complica as coisas.

De acordo com a Entertainment Weekly, Brian perde sua calma quando está testemunhando. Tal cena faz com que o julgamento seja anulado. O que isso significará? O médico (e réu) que foi preso por abusar sexualmente seus pacientes é libertado. O problema é que ele é encontrado morto naquela mesma noite, fazendo com o Detetive de Homicídios Holiday (Kylie Bunbury) levante a suspeita de que Cassidy é um dos responsáveis pelo assassinato.

O episódio vai ao ar na quarta-feira, 28 de fevereiro nos Estados Unidos.

Quem tem medo de Super-Herói? Eu?!

Se Supergirl consegue tirar Julia de Purity, ela pode fazer o mesmo com Sam e Reign, correto? A resposta é sim. Se ela tem esses poderes, o que ela provavelmente tem, é algo que Reign teme. “Eu não acredito que Reign está preocupada sobre seus poderes de alguma forma,” compartilha Odette Annable.

“Essa é uma das razões pelas quais eu adoro fazer essa personagem – porque não há nenhuma área cinzenta. É muito preto no branco. Ela vê alguma coisa e vai conseguir. Ela ordens e vai conseguir. Não há nada lhe pressionando. Ela está muito decidida, ela sabe o que precisa, e é isso que ela vai em busca,” conclui a atriz.

Que bonitinhos, são seus?

Os rumores são verdadeiros. Os gêmeos de Caroline e Alaric, Lizzie e Josie, serão vistos na última temporada de The Originals, mas não é melhor esperar. De acordo com a Entertainment Weekly, eles aparecerão apenas no penúltimo episódio da série quando Caroline estiver fazendo um tuor com novos estudantes pela escola. Demais detalhes, a CW quer manter segredo, evidentemente.

Será que dá pra fazer?

Uma pergunta interessante na Entertainment Weekly chamou a atenção deste que vos escreve. Será que há alguma chance de Blindspot Deception fazerem um crossover? Mesmo que elas são de canais diferentes? Primeiramente é importante lembrar que  tais eventos são feitos para levantar audiência de certa programação. A NBC fez (e ainda faz) com One Chicago, a CW com seus super heróis e a ABC em breve com Scandal How To Get Away With Murder.

Todavia é bom colocar em perspectiva que ambas as séries vem do produtor executivo Martin Gero e as duas têm equipes do FBI em Nova York. O problema? Elas não existem no mesmo universo. O que não impede Gero de apreciar e se deliciar com a ideia. “No meu sonho, nós vamos fazer um crossover intra-canais,” conta o produtor à Entertainment Weekly. “Eu não sei se alguém está interessado. Ao meu ver, os escritórios de Blindspot estão no subterrâneo e o time de Deception trabalha no topo dos prédios,” completa.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours