Spoiler Alert, The Irishman, Dead To Me, Disque Amiga Para Matar, Chambers, Empire

Spoiler Alert: Confira os spoilers e novidades da semana nas séries de TV

Disque Amiga Para MatarChambers,  Empire e muito mais

É muito bom estar de volta. Após alguns problemas em colocar essa coluna no ar, finalmente voltamos ao nosso normal, completos, inteligentes e cheios de informação para compartilhar com vocês, queridos leitores do Mix de Séries. Contudo, não seria um retorno triunfal sem conteúdo de qualidade. Por isso é com grande prazer que apresento para vocês spoilers sobre Disque Amiga Para Matar, Chambers The Society. Três títulos da Netflix que recentemente entraram no catálogo, mas que já estão no Spoiler Alert.

Além disso, temos novidades sobre o futuro de Empire, a Season Finale de Young Sheldon e um dos longas mais aguardados do ano, The Irishman. No nosso tradicional acompanhamento das idas e vindas dos elencos, temos muita Netflix, mas também Disney+ e CW. Por fim, o maravilhoso trailer da semana onde trazemos uma série que será um estouro em todos os sentidos: The Loudest Voice, sobre a trajetória de Roger Ailes na Fox News. O que me dizem? Estão prontos? Então leiam e não esqueçam de comentar, criticar e sugerir novidades.

Mais mortes

Está em dia com Disque Amiga Para Matar (ou simplesmente Dead To Me)? Então você deve saber que a cena final da primeira temporada é Jen e Judy admirando o cadáver de Steve (James Mardsen) boiando e sangrando na pisicina. Contudo, nem tudo é o que parece.

“Eu vou apenas dizer que vocês não sabem se ela [Jen] realmente atirou nele,” sugere Liz Feldman, a criadora e showrunner ao The Hollywood Reporter. “A Netflix vai ter que encomendar uma segunda temporada para descobrirmos o que acontece. Assim como o restante da série, não é exatamente o que você espera,” diz.

Sendo assim, o que devemos esperar do próximo ano? “Há um ajustamento das histórias. Também haverá um rebalançeamento que vai acontecer quase que mudando os papéis,” garante Feldman. “Essa série sempre explorará o lado mais sombrio e alegre do luto, da perda, do perdão e da amizade. Então acredito que é certo dizer que teremos mais escuridão [e mortes],” completou.

Quem está morto sempre aparece

Outra série recente da Netflix que tem feito relativo sucesso e atraído atenção da imprensa especializada é Chambers. Esquisita e que desperdiça potencial, de acordo com análise do Mix de Séries, a série ainda não foi renovada para seu segundo ano. Contudo, quem está em dia com o terror sobrenatural sabe que seu final traz Ben (Tony Goldwyn) morrendo. Isso quer dizer que ele não vai retornar para uma hipotética segunda temporada?

“Eu não sei. Veja, eu não tenho uma resposata segura pra você,” disse ao The Wrap rindo. “Eu me comprometi com a Netflix por uma temporada. Eu não sei se Leah vai voltar e me dizer, ‘Ei, eu tive essa ideia muito louca, o que você acha?’ Eu simplesmente não tenho a menor ideia. Mas meu contrato por apenas uma temporada, pelo que eu saiba, quer dizer que a história de Ben está encerrada. Mas Leah pode ter outras coisas em mente que ela gostaria de falar,” concluiu o ator.

Não espere sentado

Como era de se esperar, a recente Season Finale de Empire terminou com um gancho daqueles. Lucious está prestes a fugir, mas Cookie avisa que não vai lhe acompanhar. O que isso signifca para próxima temporada? O showrunner, Brett Mahoney, conversou com o Deadline e nos ajuda a entender um pouquinho mais do que o futuro reserva para o drama da Fox. “Eu penso que é uma questão em aberto tanto para Cookie quanto para Lucious, não concorda?” indaga o produtor.

“É claro que para Lucious, a sensação de que Cookie não vai com ele e que ela vai ficar sozinha por um tempo é como um soco no estômago. Penso que quando retornarmos, a questão vai ser: como que as coisas vão se desenrolar agora que eles estão separados? Como será para Cookie voltar a ser ela mesma fora do relacionamento com Lucious e fora da empresa?” sugere Mahoney.

A difícil arte de amar

Os fãs incondicionais de Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. sabem que a vida amorosa de Daisy Johnson (Chloe Bennet) não é das melhores. Diria até que uma das piores que a televisão teve o desprazer de conceber. Entretanto, tal azar pode mudar na sexta temporada da série, cuja estreia aconteceu na última sexta-feira (10) nos Estados Unidos. “Eu penso que ela está chegando lá, acredito que essa é a ideia,” disse a atriz em conversa com jornalistas.

“Ao final da terceira temporada, existia muita perda e muito sofrimento, fazendo com que ela pensasse, ‘Eu não posso ficar perto de ninguém. Eu machuco todo mundo. Eu vou embora’. Então você realmente acompanha ela amadurecendo através da sua resposta ao trauma durante toda a série. Nessa temporada, eu quero ter certeza que o interesse amoroso não é simplesmente uma reação a alguma coisa. Penso que neste ano, nós vamos chegar nesse lugar. Mas ainda acredito que como capitã da FitzSimmons, ela está focada nele e no trabalho,” cocluiu.

Mantendo a porta aberta

Se você é daqueles que tenta assistir as novidades da Netflix assim que são lançadas, provavelmente está em dia com The Society, cuja estreia aconteceu na última sexta-feira (10). Com isso a principal pergunta que muitos têm é o que esperar da próxima temporada. Em conversa com o TV Guide, o criador, Christopher Keyser trouxe algumas ideias. Dentre elas, a possibilidade (ou não) de continuar explorando a história a partir da perspectiva dos pais.

“Não muito,” afirmou o produtor sobre os planos em focar na visão do mundo original. “Não será algo repartido meio a meio, mas eu penso que nós dissemos para a audiência que nós podemos retornar se quisermos. E nós já temos algumas ideias de quando faremos isso, então é definitivamente uma possibilidade de mudarmos as perspectivas e mostrar alguns momentos de West Ham. Vocês não devem esperar que a perspectiva da Season Finale vá voltar,” ressaltou.

“Nós estamos muito focados nos cidadãos de New Ham e o mundo que eles fazem. Mas periodicamente, pode ser interessante ver como que os paralelos do que aconteceu no mundo dos seus pais desde quando eles saíram,” conclui.

Que bonitinhos!

Todos sabemos que a Series Finale de The Big Bang Theory será exibida nos Estados Unidos, assim como no Brasil, na próxima quinta-feira, 16 de maio. Contudo, os telespectadores americanos não ficarão muito tempo sem seus personagens preferidos. Isso porque logo em seguida, na Season Finale de Young Sheldon, a comédia vai trazer versões infantins de personagens de The Big Bang Theory. De acordo com o TV Line, seremos apresentados a versões bebês de Leonard, Penny; Howard, Raj, assim como Amy, e Bernadette, muito antes de crescerem e se tornarem ícones da cultura nerd. É importante lembrar, contudo, que ainda não há previsão de quando a exibição do episódio será feita para o Brasil.

Spoiler Bônus

É verdade que o Mix de Séries é um site de séries, como nosso nome sugere. Contudo, nós sabemos muito bem que é inevitável falarmos de cinema uma vez que as duas indústrias se cruzam constantemente. Sendo assim, é com enorme satisfação que falaremos um pouquinho mais sobre The Irishman, um dos filmes mais aguardados deste ano que será lançado pela Netflix.

Martin Scorsese e Robert De Niro, diretor e protagonista do longa respectivamente, participaram de uma conversa no Beacon Theater, em Nova York, no início do mês onde falaram um pouquinho mais do que esperar do longa. Como era de esperar, os artistas não quiseram falar muitos detalhes do filme. Contudo, o diretor admitiu que o filme tem elementos de outros projetos.

Com isso, Scorsese falou que o filme é realmente um retorno para o universo de Os Bons Companheiros Cassino. “Eu penso e espero que a partir de outra perspectiva. Os tempos passaram e você começa a ver a vida de uma forma mais especial,” disse o diretor. “O filme lida com a essencia do que as pessoas são, não necessariamente o que se prede ao seu redor,” completou.

Quem entra e quem sai

The Eddy: Amandla Stenberg, grande revelação do filme O Ódio que Você Semeia, fará parte do elenco da série que Damien Chazelle desenvolve para Netflix. Ela interpretará Julie, a filha de 15 anos do protagonista, Elliot Udo, que será interpretado por Andre Holland. A proposta será de justamente acompanhar a trajetória de Elliot, um renomado pianista de Nova York.

Pandora: nova série da CW, que ainda não tem previsão de estreia, acaba de ganhar sua protagonista. Priscilla Quintana (do filme Morte Instantânea) será Jax, uma jovem que descobre não ser quem pensava que era. Além de Quintana, o elenco ganhou outros sete nomes. São eles Oliver Dench, Raechelle Bano, John Harlan Kim; Ben Radcliffe, Benita Sandhu, assim como Martin Bobb-Semple  e Noah Huntley.

Black Excellence: sabe o criador de black-ish grown-ish? Pois então, Kenya Barris também é ator. Tal talento será apresentado na nova comédia da Netflix, que ele protagonizará ao lado de Rashida Jones. A série será “inspirada na altamente defeituosa, incraditável e inexplicável abordagem de Barris em ser pai, criar relacionamentos, raça e cultura.

– Secret Society of Second Born Royals: um dos novos originais do streaming da Disney, o Disney+, acaba de ganhar seus protagonistas. Peyton Elizabeth Lee, mais conhecida pelo seu trabalho em Andi Mack, atuará ao lado de Skylar Astin (de Crazy Ex-Girlfriend). Com as gravações previstas para começar este mês em Toronto, o elenco também inclui Faly Rakotohavana; Isabella Blake Thomas, Olivia Deeble, assim como Niles Fitch e Elodie Yung.

Atypical: Eric McCormack, de Will & Grace, será um professor de artes na terceira temporada da comédia da Netflix. O personagem, que ainda não tem nome, é descrito como alguém que “adora desafiar e inspirar seus estudantes”. O anúncio foi feito pelo próprio ator na sua conta oficial do Instagram.

Trailer da Semana: The Loudest Voice

Se você me perguntar qual a série que eu mais espero para Summer Season, minha resposta será um inequívoco: The Loudest Voice. Então é importante que o leitor saiba desde já que eu escrevo este texto um tantinho imparcial. Sendo assim, a proposta da minissérie é acompanhar a subida e a queda de Roger Ailes.

Um dos homens mais poderosos da mídia americana, à frente da Fox News. Seu relacionamento com o poder, assim como os diversos casos de abuso por trás das câmeras serão retratados de forma (esperançosamente) honesta. Ainda não há previsão de estreia no Brasil, mas pode ter certeza que eu vou assistir. Por isso eu te convido para assistir e comentar sua opinião.

Share this post

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.