The Boys: as referências à Marvel e DC na série

The Boys sempre tirou sarro dos grandes heróis da Marvel e DC. Pensando nisso, listamos todos os personagens da série e suas referências.

The Boys
Continua após publicidade

Quais super-heróis da DC e da Marvel serviram de inspiração para o elenco de The Boys? Na série original de quadrinhos de Garth Ennis e Darick Robertson, The Boys serve como uma visão sangrenta e grosseiramente satírica do gênero de super-heróis, subvertendo clichês estabelecidos há muito tempo e brincando com as expectativas dos leitores. No entanto, a história também debocha de gigantes do mundo dos quadrinhos. Muitos dos maiores e mais ultrajantes super-heróis de The Boys são paródias diretas dos maiores nomes dos quadrinhos.

Continua após publicidade

A adaptação de The Boys da Amazon segue o exemplo e talvez até leve os elementos satíricos a um novo nível. Afinal, a série de quadrinhos original começou em 2006 e o ​​gênero de super-heróis evoluiu significativamente desde então, principalmente no que diz respeito à sua presença na tela grande. Esse novo cenário fornece a The Boys, então, uma nova paleta de alvos em potencial, e a série da Amazon aproveita ao máximo.

As comparações com o pessoal da DC são certamente mais evidentes, principalmente nos quadrinhos, mas a Marvel também não escapa ilesa. Mas enquanto The Boys levanta alguns pontos de discussão interessantes sobre a direção e o aspecto comercial do gênero de super-heróis, a maioria das paródias é feita com um sorriso irônico e uma piscadela de reconhecimento. Assim, aqui estão todas as paródias de personagens da Marvel e DC em The Boys.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Homelander – Superman/Capitão América

O kryptoniano favorito da América é, sem dúvida, a maior inspiração por trás de Homelander. The Boys joga com o status de Deus do ícone da DC de maneira gloriosa, dando ao líder dos Sete todos os melhores poderes e habilidades de Clark Kent, incluindo voo, visão de calor e até visão de raio-X – uma habilidade que The Boys transforma em algo mais sinistro. No entanto, também há elementos do Capitão América da Marvel jogados na mistura. Homelander incorpora as estrelas e listras de Cap e sua exploração aberta do patriotismo atinge níveis que o Superman nunca poderia alcançar com sua herança kryptoniana.

Leia também: The Boys: as maiores teorias da 3ª temporada

The Deep – Aquaman

Uma das paródias mais diretas de The Boys é The Deep, de Chase Crawford, que atua como um deboche claro do Aquaman da DC. The Boys dá uma olhada sombria nos poderes de comunicação com os peixes de Aquaman e continua provando como a anatomia aquática pode ser um problema. Mais notavelmente, no entanto, a série brinca com a ideia de que Aquaman sempre foi ridicularizado pelos fãs de quadrinhos por seu visual pateta e poderes relativamente estranhos. Isso foi nos dias antes de Jason Momoa aparecer e dar à reputação de Aquaman um impulso muito necessário. The Deep é visto participando de sessões de terapia para discutir seu complexo de inferioridade.

Continua após publicidade

Queen Maeve – A Mulher Maravilha de The Boys

Ambas as personagens têm origens mergulhadas na mitologia antiga, com a personagem da DC derivando da tradição grega e Maeve com o nome de um guerreiro da lenda irlandesa. Destacando suas naturezas míticas, ambas as personagens usam armaduras metálicas estilizadas com uma espada combinando. Como a Mulher Maravilha, Maeve também é um dos membros mais éticos dos Sete, agindo como uma bússola moral em comparação com a devassidão dos outros membros.

Continua após publicidade

Starlight – Stargirl

Starlight e Stargirl têm superpoderes muito diferentes. No entanto, o design e o conceito de Stargirl e Starlight são bem semelhantes. Ambas são apresentadas como modelos americanas e são os rostos mais inocentes de suas respectivas equipes de super-heróis. Fisicamente, as duas heroínas compartilham uma grande semelhança, e Stargirl é conhecida por ser um pouco relaxada em revelar sua verdadeira identidade. Isso é algo que The Boys faz referência com Starlight em várias ocasiões.

Continua após publicidade

Leia também: Crítica: Stargirl apresenta uma 1ª temporada extraordinária

Translucent – Emma Frost/Caçador de Marte

Muitos super-heróis das listas da DC e da Marvel conseguiram se tornar invisíveis, mas a pele à base de carbono de Translucent é muito mais única, talvez mais comumente associada a Emma Frost dos X-Men. Predominantemente uma psíquica, Frost pode transformar sua pele em um exterior impenetrável à base de carbono, muito parecido com Translucent. 

Continua após publicidade

Popclaw – X-23

Talvez em dívida com Wolverine, a capacidade de Popclaw de crescer garras através de sua pele para usar como armas é um truque direto do cânone dos X-Men. Logan era famoso por ter três garras entre seus dedos. X-23 reduziu para dois, e agora Popclaw é reduzido a uma única saliência de cada membro. No entanto, o conceito em si é único o suficiente para remontar diretamente à Marvel. Como Popclaw é uma mulher, ela pode ser mais facilmente comparada ao X-23 do que o próprio Wolverine.

Continua após publicidade

Príncipe Núbio – Pantera Negra

Assim como o Pantera Negra é apresentado como o príncipe do estado fictício de Wakanda, na África, o Príncipe Núbio é nomeado herdeiro da região africana da Núbia. Promovendo a conexão, ambos os personagens usam elegantes roupas pretas de super-heróis adornadas com elementos tradicionais de design africano. Madelyn Stillwell também descreve Nubian Prince como “não muito militante, os caucasianos também o amam”, o que poderia ser interpretado como um comentário sutil sobre a distinta falta de filmes de super-heróis estrelados por um personagem principal negro.

Leia também: A transformação de Antony Starr, da infância até The Boys

A-Train – Flash

Na versão em quadrinhos de The Boys, A-Train e o Flash têm mais em comum do que apenas super velocidade. A arrogância impetuosa e personalidade exuberante de A-Train surge como uma caricatura exagerada de sua contraparte da DC. Essa influência é menos aparente na versão televisiva de The Boys, onde A-Train é um personagem mais conflitante, preocupado com sua relevância nos Sete e paranóico que suas drogas em negócios paralelos serão descobertas. Ainda assim, a morte de Robin é um exemplo brilhante de que horrores poderiam ocorrer se o Flash estivesse atravessando o mundo sem rumo e cuidado.

Blindspot – Demolidor

É difícil classificar as atrocidades cometidas ao longo das duas temporadas de The Boys até agora, mas a interação que Homelander tem com Blindspot ganharia um lugar de destaque. Blindspot é uma tradução bastante direta do Demolidor da Marvel, já que ele é um lutador especialista que é cego, mas tem outros sentidos superpoderosos que compensam a falta de visão. O personagem só aparece na segunda temporada de The Boys, principalmente para fornecer mais um exemplo da intolerância e crueldade incomparáveis ​​de Homelander. Assim, depois de fingir estar impressionado com Blindspot, Homelander ensurdece o herói com um golpe agressivo em ambas as orelhas.

Leia também: Demolidor, Justiceiro e mais séries Marvel estreiam em junho no Disney +

Soldier Boy – Capitão América

O figurino de Homelander e o patriotismo agressivo podem ter alguma inspiração no Capitão América da Marvel. Mas a paródia mais direta de The Boys é Soldier Boy, que estreará na terceira temporada. Interpretado por Jensen Ackles, Soldier Boy provavelmente será mais sinistro do que o dos quadrinhos. Muito parecido com o Capitão América, Soldier Boy foi um super-soldado que lutou na Segunda Guerra Mundial. Seus poderes incluem força e velocidade sobre-humanas, capacidade de luta aprimorada e o uso habilidoso de um escudo. Nos quadrinhos, ele é retratado como muito ingênuo e inseguro, mas sua versão televisiva pode ser diferente.

Leia também: Ator de Supernatural rouba a cena em trailer da 3ª temporada de The Boys

Vought American – MCU

The Boys faz várias comparações entre Vought e a moderna máquina da Marvel Studios. Uma participação especial de Seth Rogen revela que a empresa tem seu próprio VCU – o Vought Cinematic Universe. Um executivo da empresa também pronuncia a frase “todo mundo adora uma equipe”. Satirizando, então, os lançamentos de crossover da Marvel, como Vingadores e Capitão América: Guerra Civil. Além disso, há até referências à Vought abrindo parques temáticos fora de Paris (Disneyland Paris) e lançando o G-Men: Guerra Mundial – um mashup de X-Men e Guerra Civil.

Os Sete de The Boys – Liga da Justiça

Embora Vought possa parodiar a Marvel até certo ponto, os Sete são uma cópia completa da famosa Liga da Justiça da DC. Com suas reuniões formais, status de celebridade nacional e semelhanças individuais de super-heróis, os Sete têm muito mais em comum com a Liga. Além disso, as semelhanças continuam nos quadrinhos, onde os Sete operam a partir de uma base no céu. Bem semelhante à estação espacial Torre de Vigia da Liga da Justiça.

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.