“The Testaments”: Hulu quer fazer série derivada de The Handmaid’s Tale

Melhores Séries do Globoplay
Imagem: Divulgação.

O universo de Gilead está se expandindo 

Ao que tudo indica, The Handmaid’s Tale poderá ganhar uma sequência na TV. De acordo com o TVLine, o Hulu e a MGM estão em discussões preliminares para desenvolverem um spin-off, ou série derivada, do grande hit da plataforma de streaming. A nova atração, que também terá Bruce Miller com roteirista, será baseada no novo livre de Margaret Atwood, “The Testaments”. O livro, da mesma autora de The Handmaid’s Tale, se passa 15 anos após os eventos do livro original. Assim, a série baseada também avançaria no futuro, se encaixando em uma espécie de “sequência”.

Continua após publicidade

O lançamento oficial do livro nos Estados Unidos acontece no próximo dia 10 de setembro, e já foi confirmado que ele também chegará aqui no Brasil. Por curiosidade, o livro foi escrito quase 35 anos depois do manuscrito original de The Handmaid’s Tale.

Continua após a publicidade

“Quando nos deparamos com o destino de Offred, no final de The Handmaid’s Tale, os leitores não tinham como saber o que realmente aconteceu pela frente. Liberdade, prisão ou morte? Com o Testamento, a espera acabou. A sequência de Margaret Atwood retoma a história mais de 15 anos depois que Offred entrou no desconhecido, com os explosivos testemunhos de três narradoras de Gileade ”, diz uma sinopse de divulgação.

Continua após publicidade

O que sabemos sobre Testaments?

Anunciado em novembro de 2018, Testaments é a sequência escrita por Margaret Atwood para o seu clássico moderno de 1985, The Handmaid’s Tale. A trama do livro se passará 15 anos após os eventos do romante original. O novo romance terá três narradoras femininas diferentes, embora suas identidades permaneçam em segredo. Essa notícia foi confirmada pela própria autora. De acordo com Atwood, a sequência foi inspirada por todos os leitores que já perguntaram “sobre Gileade e seu funcionamento interno” e pelo “mundo em que vivemos”, destacou. Portanto, o livro não vai percorrer os eventos contados na temporada 2 e 3 da série Hulu, uma vez que elas estão localizadas temporalmente logo após a história do livro original.

Margaret Atwood também revelou o motivo pelo qual resolveu escrever a sequência. “Passei 35 anos respondendo perguntas de pessoas. Achei que fosse hora de colocar isso em um livro e abordar algumas dessas solicitações“, disse ao LA Times.

Continua após publicidade

Parte das decisões da administração de Donald Trump também inspiraram a autora. “Eu me senti os canadenses no livro. Ficava pensando, ‘que tipo de loucura ele vai fazer?’. Eu nunca vi nada tão parecido com o que escrevi, 35 anos atrás. É aterrorizante!“, exclamou.

Quantas temporadas The Handmaid’s Tale ainda vai durar?

A quarta temporada estreará nos Estados Unidos, pelo Hulu, provavelmente em 2020. Porém, há um planejamento de mais SEIS temporadas depois disso. Pelo menos foi o que Miller disse ao The Hollywood Reporter, em 2017. Na época, ele disse que havia planejamento arcos para 10 temporadas. Mas, posteriormente, chegou a afirmar que não tinha um alvo determinado para contar suas histórias.

“As temporadas poderão ficar mais curtas também. Isso pode tornar tudo mais interessante.”, disse ele. Miller disse ainda ao Mashable que ele quer levar a história até a versão de Gilead dos “Julgamentos de Nuremberg” após a queda do regime, quando Serena e o Comandante Waterford são forçados a responder por seus crimes. “No entanto, podemos continuar por um longo tempo”, prometeu.

Aguarde para mais novidades sobre a nova série, The Testaments.

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Bem como, verdes.