This Is Us: ignorada no Emmy 2020, série perdeu o seu brilho?

This Is Us Emmy esnobada

Drama teria ficado preguiçoso?

Os indicados ao Emmy 2020 – o Oscar da TV – estão entre nós, e This Is Us definitivamente não é a protagonista desta lista. Infelizmente, a atração amargou apenas uma indicação na categoria principal com Sterling K Brown (Randall), indicado a Melhor Ator em Série Drama. Já as estrelas Phylicia Rashād e Ron Cephas Jones foram indicados a “Melhores Convidados” em Série Drama.

Sem dúvidas esta é uma queda considerável, se comparado com o ano passado, quando a série concorreu a Melhor Drama e, de quebra, colocou praticamente todos as suas estrelas nas corridas pela principal estatueta de atuação. Além disso, vale lembrar, o próprio Sterling K Brown chegou a vencer o prêmio que está indicado este ano em 2017, por sua atuação na primeira temporada.

Mas afinal, o que aconteceu para a academia ignorar This Is Us tão drasticamente desta forma? Teria a série ficado preguiçosa e perdido seu brilho? Abaixo, uma análise do Mix de Séries.

Promessas não foram cumpridas

Antes de qualquer coisa, preciso deixar claro para você – caro leitor – que eu sou fã de carteirinha de This Is Us. Não perco um episódio, e sempre senti a carga emocional que a trama quis passar. No entanto, tirando o fanatismo de lado, eu preciso admitir que achei a quarta temporada da série bem abaixo do padrão estabelecido anteriormente.

Continua após a publicidade

Começo dizendo pela grande promessa que o vídeo promocional da temporada fez, sobre a inserção de novos personagens. Toda uma nova geração foi prometida, com um grande elenco sendo escalado. No final das contas, os novos personagens que dominaram praticamente a estreia da temporada foram sumindo ao longo dos episódios seguintes, a ponto de se tornarem um “delírio coletivo”. Eles teriam entrado de fato na série? Ou apenas imaginamos? Porque a forma como eles foram “ignorados” no roteiro, faz com quem nem guardemos os nomes deles.

Talvez, o que tenha tido mais destaque fora Jack – o filho de Kate e Toby, mas mesmo assim, o personagem no futuro foi bem mal utilizado. Até mesmo a “surpresa” da estreia, quando ele se revela o filho do casal, passa longe da surpresa que tivemos na estreia da série quando descobrimos as “linhas do tempo” diversas.

Protagonistas se afundam em tramas rasas

Um outro detalhe muito importante é que o roteirista Dan Fogelman parece ter perdido a mão no quesito histórias profundas. Tudo em This Is Us passou a soar raso, a ponto de não impactar com as tramas das duas primeiras temporadas. Acredito, inclusive, que o problema da série tenha começado na terceira, embora ela tenha tido uma boa leva final de episódios.

Acredito que parte do apelo de This Is Us morreu quando o mistério sobre a morte de Jack foi desvendado e, mesmo assim, o personagem continuou como parte importante das tramas. Foi tudo bonito e impactante. Mas, de certa forma, foi uma morte revelada em vão. Existe uma curva, que This Is Us começou a subir, e acredito que após a segunda temporada, ela começou a descer.

Também temos um grande problema que foi a falta de cenas poderosas em conjunto do elenco, que em grande parte desta quarta temporada parecia isolado. Randall ficou preso as questões políticas e lidando com seus problemas de ansiedade; Kate e Toby se afundaram nos problemas matrimoniais, que vieram com o filho cego; e Kevin, continua com a mesmíssima história contada de superficial sobre a busca pelo amor da sua vida – fato que, pra mim, é a justificativa para Justin Hartley ter sido a única estrela da série a não ter sido indicado ao Emmy até agora.

Talvez, o único ponto positivo para mim na quarta temporada é que as histórias começaram a caminhar para o lado de Rebecca – que nunca recebeu a atenção devida no passado, e que será a grande protagonista das tramas envolvendo o futuro, e sua doença mental. Mas, infelizmente, o brilho desta história ficará mesmo para a quinta temporada – que será a promessa de recuperar o fôlego.

Criador alfinetou Emmy nas redes sociais

Obviamente, o criador de This Is Us não gostou da série ter sido ignorada pelo Emmy. Talvez, ele já tivesse acostumado com o alto “status” que ela conquistou na premiação. Tanto que ele foi até as redes sociais parabenizar os indicados, mas ficou mais preocupado em alfinetar a academia falando sobre os esnobados.

“Não se preocupem”, disse ele aos fãs. “Os esnobados vão participar de um monólogo emocional nesta temporada”, falando sobre o que está por vir no quinto ano. Quem sabe, assim, seja um impulso para que ele volte com os roteiros da série tão fortes quanto nos dois primeiros anos?

This Is Us perdeu o fôlego na quarta temporada? Imagem: Divulgação.

This Is Us também conquistou outras duas indicações em categorias técnicas: Melhor Cabelo e Melhor Trilha Sonora Original.

E você, o que achou da “esnobada” do Emmy? Concorda que a série perdeu um pouco da qualidade dos primeiros anos? Deixe nos comentários. Lembrando que a atração retorna com episódios inéditos ainda em 2020.

Continue acompanhando as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Tags This Is Us
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours