Transplant chega no Globoplay e é mais uma série médica interessante

Transplant chega ao Globoplay

A gente sabe que a pandemia gerou um grande atraso na produção das séries, na temporada 2020/2021. Com isso, a rede americana NBC trouxe para a sua programação o sucesso canadense Transplant. E, agora, ela veio parar no catálogo do Globoplay no Brasil. O que é ótimo!

Continua após as recomendações

Embora seja um pouco cedo para um diagnóstico completo sobre a produção, arrisco a dizer que a série médica possa ser um dos melhores dramas que a rede já teve, (desculpa, Chicago Med). 

Imagem: NBC/Divulgação.

Continua após a publicidade

Premissa da série

Criado por Joseph Kay, a série gira em torno de Bashir Hamed (Hamza Haq). Ele é um imigrante sírio que está trabalhando em um restaurante de Toronto, quando um caminhão atravessa as janelas de vidro e causa um grande acidente no restaurante. 

Embora se machuque, Bashir consegue ajudar os clientes feridos. Igualmente, chega a evitar a cegueira de seu chefe, cortando a pálpebra com uma tesoura (para liberar sangue atrás do olho). E, mais ousadamente, usa uma broca elétrica para abrir o crânio de um outro cliente que ele diagnostica com precisão, um hematoma epidural que poderia ter sido fatal. Portanto, logo no inicio, já observamos que ele sabe o que está fazendo, mas que está no emprego errado. 

Bashir é acusado de terrorismo

O espectador logo irá assumir que Bashir não adquiriu suas habilidades cirúrgicas cortando galinhas na cozinha do restaurante. Um pouco previsível – tanto política quanto dramaticamente -, ele é imediatamente suspeito de ter sido responsável pelo acidente, sendo acusado de ser um terrorista. 

No entanto, essas acusações logo desaparecem, e a vida de Bashir muda por completo, quando ele salva a pessoa certa: o cirurgião-chefe de emergência do hospital, Jed Bishop. 

A história mostra a situação dos imigrantes

A história da série envolve, em parte, a situação dos imigrantes de países devastados pela guerra. Dessa forma, o amigo de Basir, Khaled (Fayçal Azzouz) é um líbio indocumentado que se refugia no apartamento que Bashir compartilha com sua irmã de 12 anos, Amira (Sirena Gulamgaus). Todavia, os roteiristas entregam, logo no episódio piloto, que Bashir trabalhou no famoso hospital subterrâneo em Eastern Al Ghouta, na Síria. 

Imagem: NBC/Divulgação.

Com isso, Bashir consegue residência no maior departamento de emergência do melhor hospital de Toronto, mas ele enfrenta um caminho difícil. O treinamento que Bash teve é bem diferente, assim como sua experiência de vida, o que não combina com seus novos colegas.

Ele tem o impulso de agir de forma rápida e decisiva. O que o coloca em desacordo com seus colegas mais cautelosos e seguros no York Memorial, incluindo a jovem residente ansiosa Magalie Leblanc (Lurence Leboeuf) e sua supervisora espinhosa, Wendy Atwater (Linda E. Smith). Porém, sua jornada é universal. E, da mesma forma, sua paixão e esperança se tornam contagiantes.

A série opera em um nível muito alto

Mesmo com assuntos conhecidos mundialmente, apesar disso, Transplant é, principalmente, um drama hospitalar repleto de discussões técnicas, e que muitas delas são, brilhantemente, diagnosticadas por Bashir. 

Sem dúvida, o roteiro foi muito bem pesquisado. O que nos deixa presos nas múltiplas narrativas que acontecem na série. Além disso, os personagens são tão bem escritos quanto Bashir, talvez. Ou Bishop, ou Magalie, ou sua colega apaixonada e frustrada June Curtis, interpretado pela talentosa Ayisha Issa, que roubam todas as cenas em que estão. Enfim, a série opera em um nível muito alto.

Portanto, não deixe de conferir mais essa estreia do Globoplay. Além disso, veja abaixo o trailer e depois volte aqui para a gente trocar uma ideia nos comentários.

Igualmente, continue acompanhando as novidades de seus seriados favoritos aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.

Nenhum comentário

Adicione o seu