6×18 de This Is Us foi um último episódio memorável

Após seis anos, This Is Us apresentou o seu último episódio no melhor estilo!

This Is Us

Agora é oficial, após seis anos escrevendo sobre This Is Us, chegou o momento de nos despedirmos dessa série que, sem dúvidas, marcou a vida!

Continua após publicidade

Depois de dois episódios fortes e emocionantes, esse último foi “calmo” e na medida certa, ou seja, nada “bombástico”. Acredito que foi a escolha certa, pois tivemos um final leve e ao mesmo tempo emocionante, com o objetivo de mostrar que a vida continua.

Em outras palavras, ao longo do episódio, o foco foi mostrar cenas do passado, da família Pearson aproveitando cada momento juntos em um final de semana tranquilo. Nesse sentido, a mensagem que fica é: vamos aproveitar os pequenos momentos, pois são eles e a saudade que permanecerão após um adeus.

Continua após publicidade

Emoções na medida certa!

Uma coisa é certa, o roteiro da série sempre soube dosar muito bem sua carga dramática com sensibilidade. Nunca tivemos algo “caricato”. Esse sempre foi o ponto alto, pois junto com isso, em vários episódios, saímos com reflexões sobre a vida real. This Is Us, ao longo de sua narrativa, nunca apresentou um vilão ou um mocinho.

Nesse sentido, o objetivo foi mostrar as personagens com seus erros e acertos, pois ninguém é perfeito. Aposto que, ao longo desses 106 episódios, você, caro leitor/leitora, se identificou um pouco com cada personagem ou até mesmo passou por algo parecido. Isso faz criarmos afeto por algo que não é “real”, mas que ao mesmo tempo é! Complexo, não é mesmo?

Leia também: 6×17 de This Is Us foi um penúltimo episódio arrebatador

Como a despedida de Rebecca havia sido o grande foco anteriormente, achei inteligente a escolha dos roteiristas em não focarem no discurso de despedida, pois as cenas do passado, no presente episódio, serviram mais que palavras em um funeral. Aqueceu o coração a participação das crianças simbolizando a infância e, com isso, as “pequenas vivências” que foram marcantes na vida da família!

Continua após publicidade

Por exemplo, Jack ensinando os filhos fazer a barba, Kate querendo aproveitar o máximo possível com todos da família, seja assistindo gravações antigas ou brincando de colocar o rabo no burro… Muitas vezes, esses são momentos singulares que vamos levar para o resto da vida e passar de geração para geração.

Sendo essa a mensagem principal do episódio de This Is Us, aposto que, se você fechar os olhos agora e voltar ao passado, irá lembrar de um cheiro, uma comida, uma risada ou um momento com alguém especial que você pôde compartilhar um pouco da vida… Seja um parente, um amigo, um antigo relacionamento, não importa se a pessoa esteja viva ou em outro plano, a lembrança é algo que permanece e faz as pessoas se manterem vivas e presentes!

This Is Us
Imagem: Divulgação.

Um final fechado, mas aberto…

Mas como assim um final fechado e aberto ao mesmo tempo? Pelo simples fato de que a morte não é o final de tudo. Talvez seja para quem está partindo (ou não), mas para quem permanece, a vida continua aberta para a história ser escrita. Jack se foi e olha quantas coisas Rebecca e os filhos escreveram na história da família.

Continua após publicidade

Agora, Rebecca se foi, mas cada um da família está construindo a sua própria base. Por exemplo, Deja está grávida e dará o primeiro neto para Randall e Beth. Kevin tem tudo para construir uma família com Sophie. Kate encontrou seu novo amor e vem se realizando cada vez mais profissionalmente.

Nesse sentindo, a série não terminou de maneira “fechada” e decisiva, pois na vida nada é certo. Um único acontecimento pode mudar todo um percurso e plano! Sendo assim, nada está certo na vida dos Pearsons e muito menos na nossa!

This Is Us
Imagem: Divulgação.

Desse modo, o interessante do último episódio é que ele poderia ser o início da série em uma outra perspectiva. Como a série sempre dançou perfeitamente entre passado e presente, ela poderia iniciar exatamente nesse momento e explorar o passado com flashback contando a história de Jack, Rebecca e toda a família.

Por fim, o verdadeiro amor permanece junto até mesmo após a morte, como vimos Jack esperando por Rebecca para acompanharem seus familiares em outro plano. E, para nós, ficarão as reflexões e lembranças dos pequenos e memoráveis momentos que essa família proporcionou ao longo desses seis anos!

Enquanto lembrarmos de cada um deles, a série se manterá viva na lembrança e será passada de geração para geração. Aposto que, daqui vários anos, This Is Us será lembrada e assistida, pois ela é atemporal, ainda mais com todos os temas abordados.

Considerações finais de This Is Us

  1. Beth sempre será uma personagem que levarei como exemplo em minha vida! Mesmo em momentos tensos, ela sabia ver o lado positivo e deixar o ambiente confortável/descontraído com suas ironias.
  2. Mandy Moore merece um Emmy por ter interpretado todas essas camadas de Rebecca!
  3. Senti falta da Madison. O atual marido dela apareceu mais em tela que ela nesse episódio.
  4. Sem condições! A responsabilidade de escrever sobre o final da série é gigante. Ainda mais sendo um episódio tão singular… faltam palavras “certas”.
  5. A série tem um espaço ainda maior em meu coração, pois foi a primeira que escrevi desde seu primeiro episódio até o último!
  6. Agradeço vocês, leitores, principalmente do grupo oficial da série no Facebook. Cada feedback, comentários, etc. fazia valer ainda mais dedicar esse tempinho para escrever. Sem contar a amizade que cultivamos! Agradeço também ao Mix de Séries pela confiança em meu trabalho! 😀

Quem sabe nos encontramos por aí comentando sobre outras séries! Forte abraço, cuidem-se!!

E então, o que você achou do último episódio de This Is Us? Deixe nos comentários e continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

Nota: 5/5

Pedagogo formado pela UNESP. Especializado em Educação a Distância para a Docência pela UNIARA. Mestrando em Educação pela UNESP. Apreciador de vinho, café, séries e músicas. Um coração igual de mãe, sempre cabe mais uma série! rs No Mix escreve as reviews de This is Us, Pretty Little Liars (RIP), Orphan Black (RIP).