A história real de Quem Matou Sara: a verdade por trás da série

Quem Matou Sara? tem inspirações na vida real? Desvendamos o mistério.

Quem Matou Sara historia real

O mistério de assassinato da Netflix, Quem Matou Sara?, voltou ao topo da Netflix com a estreia da terceira – e última temporada da série. Mas talvez, ela tenha atingido o sucesso por contar com elementos cativantes, que prendem o espectador do início ao fim.

Continua após publicidade

Sua história mostra um homem condenado injustamente, e que quer vingar sua irmã assassinada. Com isso, muitos fãs ficaram curiosos para saber se, ao longo das três parcelas, Quem Matou Sara? utilizou de alguma história real. Afinal, este tipo está em alta na Netflix.

Então, existe alguma verdade na história de Quem Matou Sara? Desvendamos mais esse mistério.

Continua após publicidade

A história real de Quem Matou Sara? Existe alguma verdade nela?

Embora a história de Quem Matou Sara? tenha bastantes elementos que poderiam a torna-la real, essa é uma história totalmente fictícia.

No entanto, há um elemento da série que tem vínculo com a realidade. Estamos falando do nome da família distorcida que está no centro da história.

Os Lazcanos compartilham um nome com Heriberto Lazcano Lazcano, um infame traficante mexicano que, como líder do poderoso cartel de drogas Los Zetas, foi um dos traficantes mexicanos mais procurados durante seu tempo no poder.

Continua após publicidade

Leia também: Quem Matou Sara, 4ª temporada, o motivo do cancelamento

Lazcano era membro das forças especiais do Exército Mexicano e recebeu treinamento especializado antes de desertar, segundo a CNN México. Depois de serem contratados como executores do Cartel do Golfo, Lazcano e seus aliados formaram seu próprio grupo paramilitar, Los Zetas, e se tornaram uma organização poderosa e brutal quando se separaram por volta de 2010.

Los Zetas e seus líderes eram notórios por sua métodos gráficos e brutais de tortura e assassinato; uma história possivelmente verdadeira sobre Lazcano era que ele dava suas vítimas para seus tigres e leões de estimação. Após a morte de Lazcano nas mãos da Marinha Mexicana em 2012, o Los Angeles Times informou que o cartel se ramificou de apenas tráfico de drogas para outros crimes violentos, incluindo tráfico de seres humanos.

Quem matou sara
Imagem: Divulgação.

Os verdadeiros Lazcanos inspirou algo na série da Netflix?

Este nível ultrajante de violência certamente se alinha com alguns dos Lazcanos poderosos e brutais em Quem Matou Sara? Mas os criadores sempre deixaram claro que não quiseram retratar nenhum personagem da vida real.

Continua após publicidade

Vale ressaltar, entretanto, que no episódio final, finalmente descobrimos as profundezas da depravação que César, o patriarca de Lazcano, foi. Seu passado está repleto de violência, est*pro e assassinato. Ele não apenas est*prou e engravidou Sara, a namorada adolescente de seu filho há muitos anos, mas também dormiu com a atual esposa de seu filho e a engravidou também!

Leia também: Quem Matou Sara, final da 3ª temporada explicado, quem morre?

E isso nem é o pior: ele recrutou prostitutas, roubou seus passaportes, chantageou-as para continuar trabalhando em seu bordel ilícito e assassinou várias delas. Até filmando a violência em um ponto. É seguro dizer que sua brutalidade e crueldade se encaixariam perfeitamente ao lado das escapadas violentas de seu homônimo!

Outra parte intrigante de Quem Matou Sara? que se relaciona com a vida real? Esse seria um de seus principais locais de filmagem, Acapulco. Por um lado, seus belos resorts e praias o tornaram um local favorito para os ricos e famosos, tanto mexicanos nativos quanto turistas internacionais. O que, dessa forma, definitivamente combina com a rica e ardilosa família Lazcano.

Imagem: Divulgação.

Por outro lado, tornou-se um foco de violência; de acordo com um relatório da Forbes de 2019, “[o que] já foi um ponto turístico de renome mundial… agora é conhecido como uma das cidades mais perigosas do mundo devido a crimes violentos”.

Na maior parte, a série se inspira em uma combinação de reviravoltas no nível de “novela” e tropos clássicos de crimes reais: os casos secretos, a jovem que se envolveu demais, as conspirações. Bem como a condenação injusta e muito mais. Embora não seja oficialmente baseado em uma história real específica, é fácil imaginar, no entanto, algumas dessas conspirações distorcidas acontecendo entre corretores de poder reais que procuram manter seu domínio a qualquer custo.

E então, você gostava da série da Netflix?

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.