A verdade sobre Chicago Fire que os fãs não sabiam

Chicago Fire é um dos maiores sucesso da TV, mas alguns fãs não sabiam de certos detalhes da produção.

Chicago Fire verdade que os fãs não sabiam
Continua após publicidade

Fornecendo uma faísca para o que se expandiria no universo de programas da franquia Chicago, o episódio de estreia de Chicago Fire foi ao ar na NBC em 10 de outubro de 2012. A série se inspirou pela percepção de Dick Wolf de que faltava uma série verdadeiramente autêntica que mostrasse o lado profissional e o pessoal da vida de bombeiros urbanos. Nesse sentido, embora a então nova série mostrasse o perigo e o drama dos bombeiros que enfrentam a morte regularmente, Wolf também queria passar o mesmo tempo detalhando os conflitos na vida pessoal de seus personagens.

Continua após publicidade

A verdade é que Chicago Fire imediatamente conquistou o público não apenas por suas cenas angustiantes de personagens arriscando suas vidas, mas também conquistou os espectadores com seu retrato relacionável desses mesmos profissionais desabafando ou lidando com colapsos românticos.

Mas, depois de mais de 200 episódios, existem algumas curiosidades que os fãs ainda não sabiam. Trazemos a verdade sobre Chicago Fire para os fãs.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Alguns atores da série ficam entusiasmados com as acrobacias

Como uma série de ação projetada para mergulhar os espectadores em um mundo apresentado de forma crível em façanhas de combate a incêndios e emoções de resgate de emergência, Chicago Fire depende de um trabalho de dublê. Este, que é cuidadosamente orquestrado. Desde a simulação de situações de vida ou morte que os socorristas enfrentam ao correr contra um incêndio em uma estrutura de vários andares. Igualmente, passando pela extração de vítimas de engavetamentos de veículos precariamente equilibrados. Dessa forma, as acrobacias em Chicago Fire são geralmente executadas por dublês profissionais.

Leia também: O que os fãs de Chicago Fire acharam do substituto de Casey

Além disso, esses artistas altamente treinados fazem do seu trabalho convencer os espectadores de que aquilo que está acontecendo na tela é totalmente real. Bem como perigoso.

Continua após publicidade

Sendo esse o caso, certos atores de Chicago Fire às ​​vezes sentem o desejo de ver como é andar na pele dos primeiros respondentes que retratam. Falando ao TV Insider sobre seu trabalho como coordenador de dublês na série, Rick Le Fevour destacou dois atores que vêm à mente a esse respeito. “Tenho muita sorte. Mas temos alguns atletas muito bons, incluindo Taylor Kinney (Kelly Severide), bem como Jesse Spencer (Mathew Casey)”, disse ele. “Todos estão entusiasmados e foram bem treinados na academia de bombeiros. Portanto, eles estão confiantes, mas não muito confiantes onde poderiam se machucar.”

Continua após publicidade

Na verdade, quando perguntaram sobre seu trabalho de dublê pelo TV Guide, Spencer lembrou-se de uma cena em que ele pode ter estado um pouco perto demais da ação de combate a incêndios. “Eu fiz uma cena onde esta porta estava pegando fogo…”, ele disse. “Eles me cobriram com o gel à prova de fogo. Eu não conseguia nem sentir. Mas era uma loucura. Os dublês gritavam comigo, porque aparentemente o fogo estava chegando no meu rosto.“.

Continua após publicidade

Sem dúvida, no entanto, os fãs ficarão aliviados ao ouvir que, de modo geral, quando as acrobacias em questão são literalmente quentes demais para lidar, os profissionais assumem.

Continua após publicidade
Chicago Fire verdade que os fãs não sabiam
Imagem: Divulgação.

Os primeiros roteiristas de Chicago Fire nunca tinham trabalhado na TV

Quando inicialmente imaginou a forma que Chicago Fire teria na TV, Dick Wolf decidiu que os elementos criativos do mundo do cinema poderiam reforçar a energia dinâmica da série e os altos valores de produção. Consequentemente, em vez de depender de escritores com experiência em roteiro para TV, ele contratou os roteiristas veteranos do cinema. Então, Michael Brandt e Derek Haas entraram para criar o episódio piloto e definir o tom geral da série.

Continua após publicidade

Leia também: O problema que Chicago Fire criou recentemente para os fãs

Como coroteiristas de filmes como “2 Fast 2 Furious”, “3:10 to Yuma” e “Wanted“, a dupla de roteiristas tinha exatamente o tipo de sensibilidade do cinema que Wolf estava procurando.

Discutindo o início da série com a TVEquals.com, Haas disse: “Somos escritores de filmes e recebemos uma ligação… Dick Wolf e a NBC queriam fazer uma série sobre bombeiros, e todos os anos nós meio que recusamos a televisão… Mas quando ouvimos o nome de Dick Wolf, o assunto pareceu interessante. Então, dissemos: ‘Que tal colocá-la em Chicago?’, já que ‘Rescue Me’ foi feita em Nova York e parecia que estava intrinsecamente ligado ao 11 de setembro. E Chicago em si é uma cidade que nasceu do fogo e parecia um bom local. Então, eles disseram que sim e nós dissemos, ‘Bem, então nos coloque em um avião para que possamos começar a trabalhar.'”.

Considerando a popularidade duradoura da série, parece que Wolf fez a escolha certa com Haas e Brandt.

Chicago Fire verdade que os fãs não sabiam
Imagem: Divulgação.

Luzes, câmera… Extras!

Chicago Fire tem um apetite voraz por coadjuvantes, atores de fundo e outros extras para adicionar aquele elemento único de credibilidade à série. Situado no centro da cidade e nos subúrbios de Chicago, qualquer cena ou sequência pode exigir dezenas dessas pessoas para dar vida ao ambiente urbano. Então, de onde vem esses figurantes? Da própria cidade.

Leia também: O que os fãs de Chicago PD nunca notaram

Uma grande variedade de cidadãos de Chicago e residentes das redondezas servem como figurantes anônimos vistos todas as semanas na série. Publicando convites para figurantes em mídias sociais como Facebook e, além disso, sites de showbusiness online, os diretores de elenco listam que tipo de figurantes Chicago Fire está procurando. Conforme observado no site do Project Casting, o enredo de um episódio pode chamar especificamente “homens e mulheres, de 20 a 40 anos. Da mesma forma, de todas as etnias, para interpretar repórteres e câmeras“. Mas também eles podem pedir “fisioterapeutas de verdade” para retratar, bem, fisioterapeutas de verdade.

Outra chamada pode solicitar figurantes para aparecerem em uma festa de arrecadação de fundos de gala. O que na verdade parece um momento divertido. Então, se você é um entusiasta de Chicago Fire com um dia ou noite de sobra e ávido por alguma fama discreta, quanto você pode ganhar sendo um figurante? A taxa atual é de US$ 12 por hora, mas a experiência é inestimável.

Chicago Fire verdade que os fãs não sabiam
Imagem: Divulgação.

Jogando água fria com alguns spoilers

Como qualquer série de sucesso que atrai milhões de telespectadores a cada semana, Chicago Fire tem um grupo de fãs bem atentos ao enredo da série. Mas também existem os spoilers que estes fãs sempre buscam. E os produtores, dessa forma, fazem questão de guardarem segredo.

Mas em uma entrevista para a Entertainment Weekly, Derek Haas descreveu como ele adquiriu o hábito de encher seu feed do Twitter com pistas falsas cuidadosamente colocadas, levando os espectadores em busca de alcançaram o spoiler, quando na verdade receberam uma mensagem falsa.

Ele acrescentou, ainda, que suas técnicas a esse respeito incluíram tudo, desde o vazamento de informações vagas ou confusas sobre um certo personagem favorito deixando a série. Até a postagem de fotos enganosas do set do programa. Na mesma entrevista para a EW, Haas defendeu sua tendência para enganar suavemente esses fãs. “Para mim, a única defesa é ir para o ataque. Portanto, tento ser honesto no feed, mas minha honestidade também vai enganar você… Se eu puder adicionar qualquer dúvida a qualquer que seja a teoria que permeia, isso é uma vitória.”.

Chicago Fire verdade que os fãs não sabiam
Imagem: Divulgação.

O local das filmagens do corpo de bombeiros de Chicago Fire é agora uma atração turística

Entre os fãs mais ávidos de Chicago Fire, é do conhecimento comum que a série é filmada em locações da cidade de Chicago. E que o Batalhão 51 fictício é na verdade um corpo de bombeiros de Chicago totalmente operacional. Oficialmente conhecido como a Estação 18, o local fornece à série uma sensação de realismo autêntico e refinado que seria difícil – e caro – de replicar em um estúdio.

Porém, poucos sabem que o local se tornou uma atração imperdível para os aficionados do Chicago Fire visitar. Tanto para moradores locais quanto de fora da cidade. Confirmando este desenvolvimento em uma entrevista com o Chicago Tribune, o consultor de séries e subchefe distrital do Departamento de Bombeiros de Chicago, Steve Chikerotis, relatou: “Temos pessoas [vindo à estação] de todo o mundo… Podemos ter de 200 a 300 pessoas que passam sempre por aqui… Além disso, eu vi um grande aumento no número de turistas que chegam.“.

Chicago Fire verdade que os fãs não sabiam
Imagem: Divulgação.

Postando no Tripadvisor, o usuário “npwoods” – um visitante de fora da cidade do Reino Unido – elogiou a experiência de passar pelo local das filmagens, escrevendo: “Visitamos a estação com nossa filha que acabou de fazer 10 anos. Nós a surpreendemos [com] um feriado em Chicago… Chegando ao corpo de bombeiros, fomos recebidos por dois bombeiros que foram tão calorosos e amigáveis ​​e muito dispostos a nos dar um passeio… Nós sentamos no sofá e compramos uma camiseta. Tive que posar em lugares diferentes para se sentir parte da série. Um grande obrigado por realizar o sonho de nossas filhas.”.