As 11 melhores séries sobre crimes reais

As séries sobre crimes reais estão na moda. Por isso, selecionamos 11 títulos que trazem diferentes crimes e são sucessos na TV.

Séries sobre crimes reais

As séries sobre crimes reais estão na moda. Os true crimes como são chamados estão ganhando espaço cada vez maior e garantindo audiência para os canais e plataformas de streaming. O público, afinal, sempre foi ávido por investigações e os detalhes de crimes e seus executores.

Continua após publicidade

Com o tempo, as séries voltaram os olhos para todos os tipos de crimes possíveis e, assim, podemos conhecer um mundo ainda mais estranho e doente do que pensávamos. Pensando nisso, listamos as melhores séries sobre crimes reais de todos os tempos (mas é claro que devemos esquecer de algumas).

Mas antes, alguns esclarecimentos:

Não foram considerados documentários. Estes são muitos e merecem uma lista só deles. Assim, você encontrará apenas dramatizações de casos reais.

Continua após publicidade

Séries como Mindhunter e Olhos que Condenam foram deixadas de fora por alguns motivos. Primeiro porque já apareceram em outra lista (a das séries de investigação criminal na Netflix). Além disso, Mindhunter se concentra mais na investigação e no perfil de seus criminosos do que nos crimes em si. Olhos que Condenam, por outro lado, se debruça no processo de injustiça acerca de um crime que não foi cometido pelos personagens centrais. É uma série impecável que se concentra mais nos personagens e nos desdobramentos do caso do que no crime em si.

Desta forma, trazemos uma lista eclética que busca elencar diferentes tipos de crimes reais. Assim, você não encontrará apenas assassinatos, mas má conduta médica, golpes financeiros, invasões e uma variedade de crimes reais que chocaram o mundo e ganharam as telas de TV no mundo todo.

Veja a lista, em ordem alfabética, abaixo.

Continua após publicidade

The Act

A primeira série da lista traz um crime que chocou o mundo por sua estranheza. Na trama, conhecemos mãe e filha que vivem em aparente amor, apesar das doenças graves da jovem. Com o tempo, percebemos a toxicidade da relação e, em seguida, descobrimos que a menina não é doente. A mãe mentia e enxergava problemas inexistentes na própria filha, obrigando-a a usar uma cadeira de rodas, tomar inúmeros remédios, passar por exames constantes e uma porção de outras violações e vergonhas. Cansada e abalada psicologicamente, a jovem toma a mais severa das decisões.

American Crime Story: The People Vs. O.J. Simpson

Uma das precursoras do atual sucesso das séries sobre crimes reais é American Crime Story. O caso de O.J. Simpson chamou atenção do mundo quando ocorreu e quando foi dramatizado no FX através de uma imperdível produção. Na trama, vemos cada detalhe do caso, desde o crime, até a fuga de Simpson, passando pelo julgamento e eventuais desdobramentos. Por semanas, The People Vs. O.J. Simpson manteve o público refém, viciado em suas tramas. Assim como a história real. Bem escrita, impecavelmente dirigida e atuada, a primeira temporada entrou para a história da TV moderna.

Leia também: American Crime Story Impeachment começa desinteressante | Crítica

Des

Um dos serial killers mais terríveis da história é britânico e ganhou uma minissérie em três capítulos. David Tennant mergulha na pele do criminoso e entrega uma atuação fenomenal nesta releitura do caso de Dennis Nilsen. Depois de matar dezenas de jovens em Londres, foi capturado depois que moradores do prédio onde ele morava chamaram um encanador. Nos canos entupidos, encontram pedaços de carne e ossos das vítimas de Nilsen. O sujeito foi preso e não negou os crimes, entregando detalhes perturbadores dos casos. A minissérie é um chocante retrato da época e das condições precárias da população britânica.

Continua após publicidade

Dirty John

Eric Bana é um dos atores mais subestimados da indústria. Em Dirty John o ator entrega todo o seu talento em uma trama de golpes e muitas mentiras. A minissérie acompanha John e Debra, e como esta foi enganada pelo sujeito que mentia e roubava constantemente de várias pessoas. Viciado em drogas, mentia que havia ido para o Iraque e que era anestesista. A história termina de um jeito trágico, mas não iremos entregá-la. Dirty John pode ser vista na Netflix.

Dr. Death

Assim como em vários dos crimes listados aqui, este poderia acontecer bem pertinho de você. Em Dr. Death, como o nome sugere, vemos o caso de um médico que, depois de total imperícia, deixou diversos pacientes com dores e danos permanentes. Mais de 30 pacientes sofreram com o péssimo trabalho do sujeito, sendo que algumas das vítimas foram fatais. Joshua Jackson está ótimo em um elenco que ainda conta com Alec Baldwin e Christian Slater.

The Dropout

The Dropout série
Imagem: Divulgação.

The Dropout conta a história de um crime que poderia ficar pior e mais fatal a cada dia. Na trama, acompanhamos uma jovem idealista que resolve criar uma pequena máquina onde uma gota de sangue pode ser analisada e um exame completo efetuado. O problema é que a máquina nunca funcionou e a moça acabou se tornando bilionária através de uma grande mentira. Milhares poderiam ter resultados falsos e até morrer caso o aparelho chegasse às lojas. Elizabeth Holmes, fundadora da Theranos, acabou sendo descoberta e acusada de vários crimes, a maioria por ter tirados muita grana de milionários desavisados.

Leia também: Crítica: The Dropout é imperdível e uma absurda história real

A Escada

A Escada (The Staircase)

The Staircase já havia chamado atenção com o documentário lançado há alguns anos na Netflix (e que pode ser encontrado na nossa lista das séries de investigação criminal). Agora, o caso ganha uma dramatização impecável pela HBO Max. Mais do que no documentário, agora vemos o crime ainda mais de perto, e com vários pontos de vista ganhando forma. Colin Firth interpreta Michael Peterson, acusado de matar a esposa na escada de casa. Para quem conhece o documentário ou o caso real, a série funciona por preencher lacunas e dramatizar eventos que só estavam na imaginação e nas palavras. Chocante, A Escada está na HBO Max.

Inacreditável

Inacreditável já esteve na lista das séries de investigação criminal, mas precisava entrar nesta, das séries sobre crimes reais. Isso porque a minissérie da Netflix explora não só a investigação, mas como os crimes ocorrem e se desdobram nas vidas das vítimas. Aqui, vemos um crime pouco explorado na TV e no cinema: os abus*s sexu*ais em série. Na trama, vemos uma dupla de investigadoras que perseguem um homem que vitimou diversas mulheres em diferentes locais dos Estados Unidos. Inacreditável é uma bela homenagem às destemidas detetives e às vítimas deste e de outros crimes semelhantes. Disponível na Netflix.

Inventando Anna

Séries sobre golpistas

Inventando Anna é daquelas histórias mais estranhas que a ficção. Aqui, acompanhamos a Anna do título, que nasceu na Rússia e foi para Nova York dizendo ser uma herdeira alemã. Com essa mentira, enganou uma porção de gente, deu vários golpes e entrou na alta sociedade local. Conseguiu muita grana, muito glamour e alguns anos na cadeia.

Leia também: Inventando Anna: Como está Anna Delvey hoje? Ela foi presa?

Pam and Tommy

Não há mortos em Pam and Tommy, mas há roubos, extorsões, agressões, mentiras e mais uma porção de desvios de caráter. Na trama, acompanhamos o roubo que levou à descoberta e divulgação de uma fita de sex* envolvendo Pamela Anderson e seu namorado. O caso foi um escândalo na época e marca um dos pontos cruciais do surgimento e boom da internet. Lilly James está impressionante na pele de Anderson enquanto Seth Rogen interpreta o criminoso mais atípico deste lista. Você pode assistir Pam and Tommy na Star Plus.

Ripper Street

Ripper Street era uma das coisas mais bacanas da TV britânica dos últimos anos. Isso porque a série (que teve cinco temporadas na BBC) acompanhava o detetive Edmund Reid, que esteve envolvido nas investigações de Jack, o Estripador. O show se debruçava não em um, mas em vários casos diferentes a cada episódio. O grande barato, então, é que a trama abordou crimes reais da época, como o já citado Estripador. O Homem Elefante é outro ícone da época que aparece na série. Para completar, enfim, o criador da série buscava por jornais reais da época atrás de crimes e notícias que poderiam entrar no roteiro de Ripper Street.

Jornalista, curioso e viciado em cultura. Escreve há quase 10 anos no Mix e Six Feet Under é sua série favorita.