Game of Thrones, The Code, Bless This Mess, The Amazing Race

Audiência – Análise de 14/04 a 19/04: Game of Thrones, Bless This Mess, The Amazing Race e muito mais

Primeiramente, eu preciso pedir desculpas aos queridos e assíduos leitores desta coluna que esperaram pelas últimas duas semanas pela atualização das suas séries e não receberam. Nós fizemos uma breve parada para reavaliar algumas situações, reforças nosso compromisso e retornar ainda melhores pra vocês.

Então, conto com a sua companhia, assim como seu comentário. Afinal de contas, é a única forma de continuarmos melhorando sempre. Sendo assim, temos grandes títulos para tratar nesta semana. O principal deles é o tão esperado retorno de Game of Thrones, que surpreendeu de forma extraordinária. Além disso, Bless This Mess chamou atenção positivamente na ABC.

ABC

ABC

Imagem: ABC/Divulgação

O canal venceu o horário nobre do sábado (13) em função do início dos playoffs da NBA. A partida entre o Los Angeles Clippers e o Golden State Warriors registrou um demo de 1.5 no demo, assim como foi assistido por 4.82 milhões de telespectadores. No domingo (14), um cambaleante American Idol respirou e cresceu 0.3 para 1.3. Tal crescimento não ajudou seu lead-out, Shark Tank, que ficou estável com 0.8. Na segunda-feira (15), o reality show musical cresceu 0.1 para 1.2 em relação a sua última exibição na segunda, enquanto The Fix ficou estável com 0.5.

A noite começou com uma certa estabilidade. American Housewife com 0.8, mas The Kids Are Alright perdeu 0.1 para 0.6. Em seguida, e estável da mesma forma, black-ish registrou 0.8. Já às 21h30, a estreia de Bless This Mess surpreendeu. Ambientada no interior do estado americano de Nebraska, o que faz toda diferença, a comédia fez saudáveis 0.9 no demo, a maior audiência da ABC em toda noite. Mais tarde, às 22h, The Rookie fechou sua primeira temporada com 0.7 no demo.

Na quarta-feira (17), o único original da noite, Whiskey Cavalier perdeu 0.1 para uma Series Low de 0.5. No dia seguinte, Grey’s Anatomy despencou 0.2 para 1.3, enquanto Station 19 caiu 0.1 para 0.8 e For The People ficou estável com 0.5. Encerrando a semana, os playoffs entre Boston Celtics e Indiana Pacers fez 0.7 na sexta-feira.

NBC

NBC

Imagem: NBC/Divulgação

Os playoffs entre o Toronto e o Boston pela NHL fez 0.5 no demo para o canal, além de um total de 1.70 milhões de telespectadores. Mais tarde um novo (e divertidíssimo) episódio de Saturday Night Live fez 1.5 no demo alvo, uma Season Low. No domingo (14), World of Dance subiu 0.1 para ainda modestos 0.8, enquanto a recém renovada Good Girls ficou estável em 0.6. Na segunda-feira (15), The Voice cresceu 0.1 para 1.3, ao mesmo tempo que The Enemy Within ficou estável com 0.6 no demo.

Na terça-feira (16), o The Voice caiu 0.2 para uma Series Low de 1.0 no demo, enquanto The Village (0.6) e New Amsterdam (0.6) caíram 0.1 para Series Lows. Na quinta-feira (17), a maioria das comédias ficou estável: Superstore (0.9), A.P. Bio (0.5) e Abby’s (0.4), mas Brooklyn Nine-Nine caiu 0.1 para 0.5.

Tais números foram repetidos por Law & Order: SVU que caiu 0.2 para uma Series Low de 0.5.  Por fim, Blindspot ficou estável com 0.4 na sexta-feira (19). Enquanto The Blacklist (0.6) e Dateline (0.7) subiram 0.1.

FOX

Imagem: FOX/Divulgação

Encerrando os destaques esportivos de sábado, a transmissão da FOX do NASCAR Toyota Owners 400 fez pequenos 0.4 no demo, além de 2.72 milhões de telespectadores no total. Na segunda-feira (15), tanto The Resident (0.8) quanto 9-1-1 (1.1) caíram 0.1 e 0.2, para suas respectivas Series Lows. Na terça-feira (16), MasterChef Jr. (0.7) e Mental Samurai (0.5) ficaram estáveis.

A mesma situação aconteceu na noite seguinte, com Empire (1.1) e Star (0.9). Outra estabilidade foi registrada na quinta-feira (18), onde Gotham (0.6) e The Orville (0.6) repetiram seus números das suas últimas exibições. A já renovada Last Man Standing caiu 0.1 para 0.8, enquanto The Cool Kids caiu 0.1 para 0.6. Fechando a semana, Proven Innocent repetiu seus fraquíssimos 0.4 das semana anterior.

CBS

CBS

Imagem: CBS/Divulgação

No sábado (13), Ransom fez 0.4 no demo, uma subida dos 0.3 da semana anterior e registrou uma nova Season High. Quem diria não é mesmo? Mais tarde, 48 Hours fez bons 0.5 para o canal. Com problemas climáticos em Atlanta, o popular torneio de Golf, The Masters (análise abaixo), atrasou o início do horário nobre no domingo (14).

A sensacional entrevista de Nancy Pelosi e do Golden State Warriors para o 60 Minutes fez estáveis 0.9 para revista eletrônica. A Season Finale de God Friended Me perdeu 0.5  no demo para fracos 0.6. Em seguida, NCIS: Los Angeles caiu 0.3 para 0.7, enquanto Madam Secretary foi para uma Series Low de 0.4.

Na segunda-feira (15), The Neighborgood (1.0) ficou estável, enquanto Man with a Plan subiu 0.1 para 0.9. Em seguida, a estreia de The Code no seu horário regular foi medonha. O drama fez medonhos 0.5, indicando que deve ter vida curta. Fechando a noite, Bull ficou estável com seus 0.6.

Estável e bem

Na terça-feira (16), NCIS caiu 0.1 para 1.1. Já FBI retornou de uma semana de folga com 0.9 no demo, o que é uma subida de 0.2 em relação ao que The Code fez nesse horário na semana passada. NCIS: New Orleans ganhou 0.1 para 0.7 no demo. No horário nobre seguinte, Survivor ficou estável co, 1.5 no demo, enquanto The Amazing Race retornou com 1.2. SEAL Team cresceu 0.1 para 0.7.

The Big Bang Theory teve uma pequena queda de 0.1 para 1.9. Resultado repetido por Mom (0.9), mas S.W.A.T. subiu 0.1 para 0.8. Retornando de um longo hiato, Life In Pieces fez (em média) 0.9 no demo, o que é praticamente o mesmo resultado da sua Season Finale em maio de 2018.

CW

CW

Imagem: CW/Divulgação

Na segunda-feira (15), Legends of Tomorrow subiu 0.1 para sólidos 0.3 no demo, enquanto Arrow caiu 0.1 para 0.2. Na noite seguinte, The Flash ficou estável com 0.5, enquanto Roswell, New Mexico também repetiu seus 0.2 da semana passada. Despencando 0.1 para uma Series Low, Riverdale registrou 0.2 no demo, abrindo espaço para Jane The Virgin manter 0.1 no demo. Na quinta-feira (18), Supernatural caiu 0.1 para 0.3, enquanto In The Dark (0.2) ficou estável. Por fim, Dynasty foi exibido pela primeira vez desde 22 de março, registrando uma subida de 0.1 para 0.2.

Destaques da TV a Cabo

Canais a Cabo

Imagem: Divulgação (06)

Como adiantamos durante a semana, o retorno de Game of Thrones foi sensacional. O Season Premiere, embora não tenha feito a maior audiência da história da série, impressionou. Se juntarmos todos os dados, incluindo digital e linear, foram 17.4 milhões de telespectadores. Para efeitos de comparação, enquanto o drama cresceu no decorrer da sua jornada, The Walking Dead vem despencando. A verdade é que nem todos os fenômenos são criados igualmente.

Com Game of Thrones retornando na HBO, os programas que sucederam se deram bem. Barry cresceu 0.57 para ótimos 0.72 no demo, enquanto Veep pulou 0.2 para 0.35. Na Showtime, Billions teve uma pequena queda de 0.02 para 0.17, assim como The Chi que tropeçou 0.02 para 0.11. Na AMC, Killing Eve também perdeu 0.02 para 0.14, enquanto na BBC America, o drama caiu 0.03 para 0.07. No Starz, American Gods ficou estável com 0.08, enquanto Now Apocalypse também estabilizou em 0.02.

Na segunda-feira (15), Knightfall cresceu 0.06 para 0.14. Shadowhunters subiu 0.03 para 0.13, enquanto Into The Badlands caiu 0.04 para 0.10. Na terça-feira (16), The Last O.G. perdeu fôlego com uma queda de 0.03 para 0.32; If Loving You Is Wrong subiu 0.04 para 0.22. No FX, Fosse/Verdon perdeu 0.03 para 1.0, ao mesmo tempo que The Bold Type ficou estável com 0.9.

Retorno de Respeito

Para quem não acompanha esportes provavelmente nunca ouviu falar do torneio de Golf, The Masters, mas certamente já ouviu falar de Tiger Woods. Afinal de contas todos nós gostamos de um escândalo, não é mesmo? Contudo, é verdade também que nós adoramos uma boa história de superação. Razão pela qual a vitória de Woods no último domingo (14) foi diferente.

O momento foi tamanho que a audiência explodiu não só nos Estados Unidos. De acordo com a Broadcasters Audience Research Board, um pico de três milhões de britânicos assistiram a transmissão pela BBC Two. Segundo dados divulgados pela CBS Sports, a audiência do torneio foi a mais assistida em 34 anos. Isso mesmo, 34 anos. Além disso, a edição de 2019 do The Masters foi 11% superior àquela registrada em 2018.

Internacionais

Imagem: Divulgação (06)

No sábado (13), Jesus continua desapontando na Colômbia. Após exibições bem sucedidas de Os Dez Mandamentos A Terra Prometida no país, a novela bíblica ficou em quinto lugar no horário com apenas 2.5 pontos. Já no Reino Unido, Line of Duty continua impressionando. A série policial registrou uma ótima média de 7.4 milhões de telespectadores, uma subida de 300 mil telespectadores em relação há semana anterior.

A versão alemã de American Idol (ou Deutschland Sucht Den Superstar para os familiarizados com a língua). O programa registrou a sexta melhor audiência do sábado (13) com 3.31 milhões de telespectadores. Por fim, a oitava temporada do The Voice França, atualmente no décimo episódio, registrou 4.20 milhões de pessoas, uma queda brusca dos 4.65 milhões da semana anterior.

No dia seguinte (14), o MasterChef Chile continua despencando. O reality show, que outrora foi a galinha dos ovos de ouro para o Canal 13, caiu dos já medonhos 10.9 da semana anterior para 10.3 neste final de semana. Outro desastre gastronômico, desta vez na Espanha, é a versão local do Bake Off que encolheu para ainda piores 734 mil telespectadores e 4.5%.

O que veremos na próxima semana: HBO lança nos Estados Unidos mais uma parceria com a BBC, Gentleman Jack; a ABC/ESPN exibem o começo de mais uma temporada da NFL com o Draft diretamente de Nashville;

Share this post

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.