Audiência: Análise de 13/02 a 18/02 – Young Rock, American Idol, Your Honor e muito mais

Audiência, Mix de Audiência, Your Honor, American Idol, Kenan, Young Rock

Finalmente estamos de volta! Primeiramente eu gostaria de agradecer ao meu editor, Anderson Narciso, que também é fundador do Mix de Séries, um dos mais promissores e em constante crescimento da sua área. Todos sabemos que 2020 foi um período difícil para todos, inclusive para este que vos escreve. Young Rock.

Continua após as recomendações

Como diria uma grande sábia, o que não mata te fortalece, não é mesmo? Sendo assim, estamos de volta para falar sobre aquilo que mais gostamos: audiência e números. Aproveito esse momento clichê e piegas para garantir ao leitor que este não é um retorno ao antigo normal, tampouco uma reafirmação do ‘novo normal’.

Sabemos que a televisão está mudando. A cada dia que passa, há novidades. Seja uma forma inovadora da Nielsen medir a audiência ou até mesmo dos canais definir o que é ‘sucesso’ e o que é ‘fracasso’. Por isso, tenha certeza que estamos comprometidos em trazer o melhor conteúdo para você. Fiquem conosco!

Continua após a publicidade

ABC

ABC, Audiência

Imagem: Divulgação

O horário nobre começou com America’s Funniest Home Videos subindo 0.3 em relação ao seu último episódio original para um demo respeitável de 0.8 no demográfico alvo. Mais tarde, American Idol retornou para sua nova temporada com 1.17 no demo. Embora tenha vencido a noite, o reality show despencou 0.4 em comparação com seu Season Premiere de 2020. Encerrando a noite, The Rookie beneficiou-se de um lead-in mais robusto e cresceu 0.2 para 0.6.

Às voltas de uma enorme polêmica do apresentador Chris HarrisonThe Bachelor continua imbatível com sua temporada histórica. Retornando de uma folga desde o final de janeiro, The Good Doctor caiu 0.1 para 0.6 no demo. Em seguida, toda programação da terça-feira (16) ficou estável. To Tell The Truth (0.6), black-ish (0.5), mixed-ish (0.5) e Big Sky (0.6).

O único original da noite de quarta-feira (17), For Lifeconsolidou-se com 0.3 no demográfico alvo. Números que são bastante ruins, mas que, vale lembrar vem de uma produção que a ABC gosta bastante. Traz um debate social interessante (e necessário), então é um título que deve continuar na grade independentemente do seu desempenho.

Já na quinta-feira, a maioria ficou estável: Celebrity Wheel of Fortune (0.8) e The Chase (0.6), enquanto The Hustler caiu para 0.4.

 

NBC

NBC, Audiência

Imagem: Divulgação

Após começar a semana sem originais no domingo (14), a NBC trouxe game shows de sucesso no dia seguinte (15). Sendo assim, tanto Ellen’s Game of Games (0.6) e The Wall (0.5 nas duas horas) ficaram estáveis. O grande destaque da semana, contudo, veio na terça-feira (16) com a estreia de um novo bloco de comédias: Young Rock e Kenan. A estreia da série sobre a infância e crescimento de Dwayne ‘The Rock’ Johnson foi um sucesso.

Foram 0.9 no demográfico alvo (18-49 anos), fazendo com que seja a melhor estreia da NBC no horário desde 2017. Em seguida, Kenan também foi bem ao aumentar o desempenho de Zoey’s Extraordinary Playlist e atrair um público total por volta de quatro milhões de telespectadores. Na noite seguinte (17), Chicago Med ficou estável em 0.9, ao mesmo tempo que Chicago Fire (0.9) e Chicago PD (0.8) caíram 0.1 respectivamente.

Por fim, na quinta-feira (18), Mr. Mayor segurou-se nos seus 0.5 no demo, enquanto uma reprise do piloto de Young Rock fez 0.3. Retornando pela primeira vez desde 21 de janeiro, Law & Order: SVU subiu 0.1 para 0.7.

FOX

FOX (logo), Audiência

Imagem: Divulgação

O bloco da franquia 9-1-1 ficou basicamente estável na segunda-feira (15). Tanto 9-1-1 (1.0) quanto 9-1-1: Lone Star (0.8) caíram 0.1 em comparação com a semana anterior. The Resident (0.6) subiu 0.1, enquanto Prodigal Son ficou estável em 0.4 no demo. The Masked Dancer teve seu Season Finale de duas horas de duração com inexpressivos 0.6 no demo. Já na quinta-feira (18), e portanto encerrando os destaques, Hell’s Kitchen (0.7), Call Me Kat (0.5) e Last Man Standing (0.4) ficaram todos estáveis em comparação a última semana.

 

CBS

Audiência, CBS (logo)

Imagem: Divulgação

Com o início da tour midiática de Bill Gates para promover seu novo livro, 60 Minutes registrou estáveis 0.77 no demográfico alvo. Em seguida, The Equalizer estreou no seu horário com 0.93. Embora seja uma queda considerável em comparação com seus resultados do pós-Super Bowl (algo em torno de 5.0 no demo), foi a série de maior audiência da noite. Em seguida, NCIS: Los Angeles subiu 0.1 para 0.7, enquanto NCIS: New Orleans ficou estável com 0.5.

reality show game show Tough as Nails ficou estável em 0.5 no demo, ao mesmo tempo que suas companheiras de noite, SEAL Team (0.5) e S.W.A.T. (0.4) repetiram a dose. A programação da quinta-feira (18), contudo, caiu de forma generalizada. Young Sheldon oscilou negativamente para 0.8; B Positive foi para 0.6; Mom, cuja última temporada será exibida nesta temporada, foi para 0.6, enquanto The Unicorn caiu para 0.4.

O maior problema, contudo, aparece com Clarice. A série estreou com números bastante razoáveis na semana passada (0.5), mas a queda de 0.1 para 0.4 sugere que ela ainda sofrerá certa irregularidade nas próximas semanas. E irregular é um verbo que nenhum executivo de televisão, no atual ambiente, gosta de conjugar.

CW

CW (logo), Audiência

Imagem: Divulgação

Batwoman (0.1) caiu 0.1 em comparação com a semana anterior, enquanto Charmed segurou ‘firme’ nos seus tradicionais 0.1 no domingo (14). Já no dia seguinte (15), tanto All American (0.3) quanto Black Lightning (0.1) ficaram estáveis. Riverdale subiu 0.1 para 0.2, mas Nancy Drew ficou estável com 0.1 na quarta-feira (17). Encerrando os destaques, Walker (0.2) ficou estável em relação a semana anterior, ao mesmo tempo que Legacies ficou estável com 0.1.

Destaques da TV a Cabo

TV a Cabo (logo)

Imagem: Divulgação (06)

Após uma semana com firulas para não competir com o Super Bowl, Shameless retornou com 0.09, uma queda de 0.06 do seu último episódio pela Showtime. Em seguida, a Series Finale de Your Honor subiu 0.02 para 0.09, sinalizando que, de fato, a minissérie de tornou um fenômeno neste início de ano. Do outro lado, no Starz, American Gods subiu para 0.03, enquanto The Real Housewives of Atlanta despencou 0.07 para 0.35. Único original relevante da segunda-feira (15), Snowpiercer (ou Expresso do Amanhã) subiu gigantescos 0.94 para 0.26.

O retorno de The Oval no BET trouxe números modestos. A Season Premiere fez 0.25, uma quase manutenção dos 0.28 da Series Premiere de 2019. No OWN, também tivemos retornos com Queen Sugar marcando 0.17, uma queda de 0.04 dos números da Season Premiere de 2019. Já no USA Network, Temptation Island retornou para sua nova temporada com 0.15 no demográfico alvo.

Encerrando os destaques da semana, The Real Housewives of New Jersey retornou com 0.37 no demo. Em seguida, The Real Housewives of Salt Lake City subiu 0.07 para 0.27. Já a Season Premiere de Good Trouble registrou 0.06, uma queda mínima de 0.03 do retorno de 2020.

 

Notas do Acúmulo

Big Sky: apesar das recentes polêmicas com grupos indígenas, um dos (poucos) novos dramas da ABC parece estar finalmente deslanchando. De acordo com dados da Nielsen, a série cresceu 09% de uma semana para outra no demográfico alvo (1.2 x 1.1) quando somada a audiência L+3 (exibição original + gravação de três dias). Tais índices fazem com que a série entregue um Series (e SeasonHigh, ou seja a melhor audiência da sua jornada até aqui.

The View: mesmo estando em formato remoto e longe dos estúdios de Nova York, a mesa de discussões do programa diurno continua quente. Em todos os sentidos, eu quero dizer. De acordo com dados da Nielsen, a atual temporada já é a mais assistida do programa em sete anos. Além disso, há um crescimento notável semana após semana no demográfico alvo dessa faixa, de 25 a 54 anos.

Shark Tank: o episódio do reality show de 12 de fevereiro garantiu a ABC o primeiro lugar na audiência mais uma vez. Pela nona semana consecutiva, o programa liderou o monótono horário nobre de sexta-feira. Foram 0.9 no demográfico alvo (18-49 anos) com a soma do L+3.

Internacionais

TV Internacional

Imagem: Divulgação (06)

– Europa

The Voice França vai muito bem, obrigado. No sábado (13), o reality show registrou 5.89 milhões de telespectadores e um share de 27.3%. Já na Bélgica, que também recebe o programa na região onde francês é a língua oficial, anotou uma média de 338 mil pessoas, a terceiro melhor da noite. Já a Itália mostrou o quão populares séries americanas são no país.

No sábado (13), FBI registrou grandiosos 1.37 milhão de telespectadores e um share de 5.3%, enquanto Blue Bloods fez 1.20 milhão com uma participação de 5.2%. Já no domingo (14), 9-1-1 atraiu 1.18 milhão de pessoas e registrou um share de 4.3%. Ao mesmo tempo que 9-1-1 Lone Star foi assistido por 1.051 milhão e fez um share de 3.9%.

Na segunda-feira (15), Êta Mundo Bom! chamou atenção na audiência portuguesa. A novela, exibida à tarde no país, foi mais vista de qualquer novela (original ou reprise) da TVI, uma das competidoras da SIC. Ainda no dia (15), um destaque vindo da TV belga: Top Chef Bélgica ficou em quarto lugar geral com 460 mil telespectadores.

Uma nota….

Não é só no Brasil que o The Voice+vai muito bem obrigado. De acordo com reportagem da RapidTVNews, a franquia também vai bem em todo o continente europeu. Um dos destaques é na Polônia, cuja segunda temporada do The Voice Sênior Polônia foi recentemente concluída com audiência recorde. Foi uma média de 2.4 milhões de telespectadores por episódio, além de 11.7% de share no demográfico alvo do país (16-59 anos).

– Ásia-Pacífico

The Amazing Race Australia mostrou o porquê é tão popular no país. Em mais um episódio no domingo (14), o programa registrou 564 mil telespectadores, o maior programa de entretenimento da noite.

– América Latina

The X Factor Colômbia manteve seu desempenho modesto no último final de semana. O reality show marcou razoáveis 5.0 pontos no sábado (13), a segunda melhor audiência da noite. Enquanto no domingo (14) foram menores 4.4 pontos, apanhando para jornalísticos populares na Caracol.

Análise Especial da Semana: Vem aí

A partir da próxima semana, começa uma nova era na seção de Análise Especial da Semana. Isso porque nós vamos abandonar nossas análises superficiais que outrora dominavam este local. Nós vamos nos concentrar, a partir de agora, em tratar de questões referentes ao futuro da televisão. Análises dos números do streaming, de esportes ao vivo, da estratégia de lançamento da Paramount+, por exemplo. Espero que continue conosco e comente bastante. Contamos com vocês.

Nenhum comentário

Adicione o seu