Crítica: 4×01 de Station 19 foi emocionante e com grandes promessas

Crítica Station 19 4x01

Station 19 estreou sua 4ª temporada e inicia o crossover com Grey’s Anatomy

Ao fim da última temporada de Station 19, a série do quartel de bombeiros enfrentava um grande luto: a perda de Pruitt. E claro que a vida de Andy como protagonista – assim como Meredith – definitivamente não é fácil. Além da perda do pai, Herrera encara a volta da mãe que, supostamente, estava morta há 20 anos.

Continua após as recomendações

A ideia de “ressuscitar” a mãe de Andy é para suprir a falta do pai da personagem, para assim, dar profundidade e até mesmo trazer drama familiar que já estamos cansados de assistir. Contudo, será interessante acompanhar a trama tratando de um assunto tão importante nos dias de hoje: saúde mental e lidar com o paradigma do instinto materno.

Certamente, Andy demorará a aceitar essa história, e acompanhar esse processo pode ser desgastante, se não abordada da forma certa. Já que essa ideia de “a volta de um personagem dado como morto” é batida e quase nunca funciona da maneira esperada.

Continua após a publicidade

Covid será a trama central da temporada

Assim como no mundo real, Station 19 irá retratar a vida dos bombeiros durante a pandemia do coronavírus. O que é importante e extremamente chocante assistir de um ponto de vista diferente. Enquanto Ben sofre pelo distanciamento com Bailey, a trama trouxe diversos momentos emocionantes – como a passagem do caminhão dos bombeiros em frente a população que aplaude e exibe cartazes de esperança.

Não só Ben, vimos Jack lidando com o distanciamento – e um possível romance parece que irá iniciar. O que é ótimo, novo, diferente. Unir os personagens não só no núcleo principal, mas como também com os diversos outros. Sabemos que Jack com Andy está destinado ao fracasso, e a relação com Bishop já está fora de questão, desde o início de seu relacionamento com Carina.

Logo após, temos Travis e seu novo drama familiar. Anteriormente, assistimos Montgomery enfrentar o desprezo de seus pais pela sua orientação sexual. E, agora, ele deverá lidar com uma nova descoberta (o que para mim será uma grande história na temporada), a de que seu pai, homofóbico, é gay também. Com a ajuda de Vic – o que inclusive vem sendo novamente uma grande amizade -, levanta a curiosidade do público sobre como ele irá enfrentar tudo isso.

A merecida homenagem a Pruitt

Pruitt deu a vida pelos seus bombeiros que ele mesmo escolheu a dedo. Ele foi um grande personagem na série, daquele tipo que todo drama deve ter. Aquele que carregava a emoção e razão, assim como em Grey’s Anatomy temos Richard Webber.

Andy fez um discurso emocionante e importante, e seu pai foi, sim, uma pessoa que inspirou e formou diversos profissionais. Pruitt fará falta – principalmente porque era ele quem colocava a filha no lugar.

Crítica Station 19 4x01

Imagem: Divulgação.

Station 19 retorna na próxima quinta-feira (19) e você confere nossas resenhas semanais aqui no Mix de Séries.

E você, gostou do retorno do quartel? Deixe nos comentários e confira a promo do próximo episódio.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do episódio 9
Review do primeiro episódio, season premiere, da quarta temporada de Station 19, da ABC, intitulado "Nothing Seems the Same".
9
Tags Station 19
Avatar

Letícia Garcia

Paulista, jornalista e apaixonada por séries e futebol. Grey's Anatomy é a série da vida, mas também é fã de Spartacus, Supernatural, Vikings, Sons of Anarchy e Friends

No comments

Add yours