Crítica: Chicago Fire despertou curiosidade com novato no episódio 8×03

Chicago Fire 8x03

Novo rosto do Batalhão poderá ser trunfo na temporada

O terceiro episódio da oitava temporada de deu destaque para o novato do Batalhão, Blake Gallo, e o personagem despertou atenção não só pela sua coragem, mas também pelo seu passado. O capítulo foi exibido nesta semana nos EUA pela NBC, intitulado “Badlands”.

Continua após a publicidade

Neste episódio, tivemos efetivamente o primeiro chamado com Gallo e ele novamente mostrou impulso. Mas desta vez, sob o controle de Casey. No entanto, Bolden ainda acha que o garoto é imprudente e está alertando seu tenente sobre esta possibilidade. Mas acontece que Gallo é cativante, e creio que isso se dá pelo seu olhar inocente. O ator Alberto Rosende tem conseguido passar exatamente a essência necessária para Blake, e isso ficou claro após ele contar o que o motivou a se tornar bombeiro. Ele foi retirado de um incêndio, quando tinha 12 anos, e ficou obcecado com a profissão, a qual ele vê como super-heróis. Mas o Chefe quer deixar claro que o novato não é a prova de balas, e precisa ter prudência nos seus salvamentos.

O que o líder não sabia, entretanto, é que o rapaz perdeu toda a sua família neste incêndio, quando ele ainda era um garoto, e acabou vendo o Departamento de Bombeiros como uma segunda família que o acolheu. Após ficar sabendo dessa parte, eu senti que Bolden deu uma amolecida na visão que ele tem do rapaz. Pode ser que ele vire uma espécie de mentor que Gallo precisa, mas estou curioso para ver o desenrolar dessa trama.

As meninas super-poderosas de Chicago Fire

Esse episódio também deu destaque para o Girl Power, em muitos sentidos. Na história de Sylvie e Emily, as paramédicas se depararam com um detento que estava sofrendo violência abusiva dos carcereiros. Elas foram até a prisão, devido a um chamado, e lá viram que a situação era mais complexa. Só que os guardas pressionavam os rapazes para não contarem nada, uma vez que isso poderia ser pior para eles. Mas, graças à persistência das meninas, a violência foi exposta. Essa trama só serviu para mostrar, mais uma vez, o valor de Brett que tem se mostrado uma personagem extremamente relevante para Chicago Fire.

Além disso, ela se deparou com um possível novo interesse amoroso, mas a gente quer saber mesmo é quando ela poderá desenrolar algo com Casey. As boas-vindas que ela recebeu do bombeiro foi bem bonitinha, e confesso que no fundo estou torcendo para rolar algo. Mas claro, que seja uma história bem desenvolvida. O bombeiro até se envolveu com a garota da tecnologia – mas em uma história rápida. Vai logo pra Brett, Casey!

No outro canto do Girl Power, tivemos Stella, que foi escolhida por Bolden para ser a representante do distrito em uma Conferência de Liderança. E apesar da bombeira ter ficado nervosa com a escolha, isso só mostrou que Bolden tem confiança na moça, e como ele mesmo disse, vê potencial para que ela suba de cargo dentro do Batalhão um dia. Eu não pude ficar mais orgulhoso de Stella. Ela realmente merece todo o reconhecimento, e vem se mostrando cada vez mais madura. Estou louco para ver como ela vai se sair nessa conferência.

Este foi um episódio bem “tranquilo” de Chicago Fire, com apenas uma cena de ação, envolvendo um parque de diversões em que Gallo pôde mostrar mais uma vez sua euforia no salvamento. Mas episódios assim também são interessantes para aprofundamento de personagens, e foi o que aconteceu com o novato. Estou curioso para o que está por vir pela frente…

No próximo episódio, teremos o crossover entre Chicago Fire, Chicago Med e Chicago PD. Continue acompanhando nossas críticas e notícias da Franquia Chicago aqui no Mix de Séries.

Nota do Episódio9
Crítica do episódio 03 da oitava temporada de Chicago Fire, intitulado "Badlands". Episódio foi exibido no dia 09 de outubro nos EUA pela NBC.
9
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours