Crítica: Demissão de Meredith traz consequências no 16×03 de Grey’s Anatomy

Grey's Anatomy 16X03

Grey’s Anatomy lida com a demissão de Meredith

É, meus caros fãs de Grey’s Anatomy, parece que somente agora os nossos médicos estão sentindo na pele a falta que Meredith Grey faz. E era de se esperar que, algum dia, um paciente fosse reclamar do sumiço da premiada médica. Infelizmente, o orgulho de Bailey está impedindo que nossa heroína continuasse sendo fonte de inspiração no Grey Sloan Memorial.

Continua após a publicidade

Só isso justifica as suas atitudes e a consequente demissão de Qadri. Tudo bem, a garota praticamente pediu para ser demitida ao enfrentar a fúria de Miranda Bailey. Porém, a interna foi a única corajosa para defender a honra de Meredith como médica e, só por isso, merece meu respeito. Vai fazer falta a saída dela no hospital? Provavelmente não. No entanto, espero que essa saída seja o estopim para que uma futura rebelião aconteça.

Já pensou que sensacional seria se os médicos e residentes entrassem em greve em prol de Meredith Grey? Por favor roteiristas, façam isso acontecer. Não aguento mais a chatice da Bailey nessa temporada. Logo logo ela rouba o lugar de Owen como a pessoa mais chata de Grey’s Anatomy.

Atitudes infantis

Falando em Owen Hunt, é impossível não rir com as atitudes infantis dele e de Koracik. Grey’s Anatomy decidiu mesmo investir nessa disputa de território entre duas pessoas totalmente “who“. Pelo menos esse plot todo serviu para que Teddy retornasse ao hospital e Owen ficasse cuidando da pequena Allison. Afinal, Owen nasceu para ser pai e também estava de saco cheio das implicâncias de seu ex-rival.

Outra personagem que conseguiu atingir o absurdo de chatice com suas caretas foi Maggie. Desde que ela entrou para o seriado, a personagem vem conseguindo se superar no quesito dispensável e vem se tornando uma criançona. Implicar com a Vic foi o cúmulo do absurdo, pois a bombeira é apenas mais uma vítima da sedução de Jackson.

Aliás, Jackson estão tão avulso no seriado que até a enfermeira Bokhee vem ganhando mais espaço. Eu só quero um seriado sobre essa mulher, porque Bokhee é a alma de Grey’s Anatomy! #ProntoFalei

Momentos inesquecíveis no episódio

Enquanto os médicos lidavam com sua própria criança interior, Amelia e Link estavam surtando com a possibilidade de todos saberem sobre o seu segredo. No meio de tantas reviravoltas e depois de conhecer a história de amor entre o paciente da Maggie e de uma coreana, Amelia decidiu contar a gravidez para Meredith. Gente, a cena foi tão linda que foi impossível não torcer por Amelink.

Mer é uma rainha e ela vibrado porque será a tia Mer foi uma das coisas mais lindas do episódio. Se MerLucca vem nos conquistando episódio após episódio, Amelink tem tudo para virar nosso shipp do momento. Só espero que os roteiristas tragam coisas boas para a pequena Sherperd porque se existe alguém que merece ser feliz é ela.

Porém, nada superou a má sorte de Richard. Primeiro, tenho que tirar o chapéu para os roteiristas pela pequena reunião de Charmed e, em segundo, por terem me feito gargalhar com a troca das irmãs. SENHOR! Eu ri horrores quando descobrimos que a paciente fora confundida com a irmã desaparecida. A cara do Richard foi impagável.

E querem saber de mais uma coisa? Estou amando esse novo hospital. Karev e Richard parecem que nasceram para brilhar fora dos holofotes do GSMH! Só falta minha rainha Meredith se unir a eles, porque aí, esse trio vai tacar terror na concorrência. Ainda não sabemos o desenrolar das consequências da demissão do trio parada dura, mas já podemos dizer que Meredith Grey já fez a sua história na medicina e em Grey’s Anatomy.

PS: Nico finalmente achou sua vocação: ser tradutor intérprete.

Até a próxima review, aqui no Mix de Séries.

abc.com

Nota do Episódio9
Review do terceiro episódio da décima sexta temporada de Grey's Anatomy, da ABC, intitulado de "Reunited".
9
Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours