Crítica: June cortou a mão de importante personagem no 6×06 de Fear the Walking Dead

Crítica: June cortou a mão de importante personagem em 6x06 de Fear the Walking Dead

O grande destaque do episódio foi June (Jenna Elfman), que precisou enfrentar sua maior inimiga em uma situação de crise

Leia também: Dwight deu um grande passo contra Ginny no 6×05 de Fear The Walking Dead

Fear The Walking Dead seguiu conforme os acontecimentos anteriores, desta vez atrás de mais uma fugitiva – um tanto parecida com Sarah (Mo Collins), confesso que confundi. No entanto, foi June quem passou o maior perrengue em “Bury Her Next to Jasper Leg“.

Continua após as recomendações

June era a única médica dali

Só no início, durante uma missão, a médica do grupo perdeu um colega durante uma cirurgia de apendicite. Sobrecarregada, ela escutou do marido, John (Garret Dillahunt), uma possibilidade de fugir daquele pesadelo, já que nem ao menos um hospital digno ela receberia de Virginia (Colby Minifie).

Com o plano traçado, o casal estava certo de que a fuga aconteceria, se não fosse, no entanto, Luciana (Danai Garcia) com um pedido urgente de ajuda. Nas minas onde trabalhava houve uma explosão, onde muitos do grupo saíram feridos.

Continua após a publicidade

Muito mais do que um problema local

June chegou pronta para ajudá-los, mas precisou lidar com um problema ainda maior: Virginia, que já havia entendido que um outro grupo, até então desconhecido, estava planejando os ataques. A marca registrada deste grupo é a frase pichada: “The End is the Beginning“.

Para Virginia, alguns sacrifícios seriam inevitáveis, chegando até mesmo a torturar Wes (Colby Hollman), já que acreditava que o rapaz estaria envolvido no ataque. No entanto, ele era apenas um amante de arte, como já vimos na temporada anterior.

Em um momento de tortura pela atual vilã, June a confrontou diretamente, salvando a vida do amigo. E não bastando isso, as duas terminaram presas dentro da cabana, após uma explosão de um dos tanques. Quem não gostaria de ficar preso com seu maior inimigo, não é mesmo?

É… deu ruim para você, Ginny!

Crítica: June cortou a mão de importante personagem em 6x06 de Fear the Walking Dead

Imagem: AMC / Divulgação

Com toda a certeza, eu digo que foi Ginny quem saiu perdendo desta vez. Após a explosão, a ruiva foi mordida na mão, não tendo outra escolha a não ser se submeter às escolhas de June. A médica, contudo, pensou duas vezes se ajudaria a colega por conta de todas as atrocidades que Virginia fez.

As duas entraram em luta corporal, mas no fim foi Ginny quem terminou perdendo uma das mãos. Situação extremamente difícil para June. Se você que está lendo essa crítica, sabe como é lidar com a pressão de trabalho diária, imagina para essa mulher que precisou conter uma situação de crise e ainda escolher se sua líder vai morrer ou não?

John mudou. Como June vai encarar?

Preciso bater palmas para a atuação de Jenna Elfman, que entregou uma June forte e preparada para qualquer situação, colocando, sim, sua moral e seus ideais em primeiro lugar. Nesse episódio, a médica foi definitivamente consagrada uma líder.

Ao final, quem saiu perdendo mais foi John, que terminou indo embora sem sua esposa por não aguentar permanecer num local como aquele. June quis ficar, pois uma das condições de Ginny para ser salva era criar um hospital na liderança da médica.

Resta saber como June vai lidar com a saída do marido e sua nova posição na comunidade. Fear The Walking Dead está chegando em sua mid-season finale e eu quero saber o que você achou deste episódio, viu? Continue de olho aqui no Mix de Séries para mais informações sobre o universo TWD!

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.

Nota do Episódio9
Review do sétimo episódio da sexta temporada de Fear The Walking Dead, da AMC, intitulado "Bury Her Next to Jasper's Leg".
9
Avatar

Rodrigo Sodre

Rodrigo é um rapaz que cresceu, mas manteve todas as alegrias da infância consigo. Aos 25 anos, é formado em Jornalismo e joga videogame desde quando usava fraldas. Apaixonado por zumbis, começou a se interessar pelo gênero quando viu a primeira intro de Resident Evil 2. Hoje é fã fiel de The Walking Dead e continua jogando, lendo, vendo filmes e séries.

No comments

Add yours