Doze Jurados: série da Netflix é baseada em fatos reais?

Doze Jurados fatos reais

Doze Jurados é o novo sucesso da Netflix

A série da Netflix Doze Jurados – que está fazendo um grande sucesso no Brasil – não é a sua série regular de advogados. Ao invés de se concentrar apenas no acusado e no crime, a trama revela os dilemas pessoais do júri do tribunal, o que reforça a enorme responsabilidade de determinar a decisão final.

Continua após as recomendações

Essa abordagem não apenas a torna uma série criminal única, mas também oferece um apelo realista. Além disso, as explorações aprofundadas de seus personagens e os elementos consequentes dos pontos da trama adicionam mais peso a esse apelo.

Portanto, caso você esteja se perguntando de onde ela se inspira, resolvemos responder algumas de suas dúvidas aqui no Mix de Séries.

Continua após a publicidade

A série Doze Jurados é baseada em uma história real?

Não, Doze Jurados não se baseia em uma história verdadeira. No entanto, ela se inspira nas experiências de vários jurados da vida real.

Em uma entrevista à Variety, os criadores revelaram que primeiro tiveram a ideia básica por trás da série quando o governo belga tentou remover o sistema de jurados. De acordo com esse sistema, doze cidadãos assumem o dever de decidir se os acusados ​​são culpados ou inocentes. Embora o governo belga quisesse restringir esse sistema de tomada de decisão a três juízes e quatro cidadãos, sua exigência era contra a constituição. Foi assim que os criadores decidiram contar uma história que gira em torno de cidadãos comuns que chegam a ser jurados.

Os criadores da série, Bert Van Dael e Sanne Nuyens, revelaram ainda que pesquisaram meticulosamente para construir a narrativa. Eles primeiro tentaram entender a atmosfera de uma sala do júri e como os jurados operam sob tanta pressão. Eles até entraram em contato com ex-jurados para saber mais sobre suas experiências e opiniões pessoais. Um dos jurados também lembrou sua própria história alegando que “ela reconheceu traços de seu marido ciumento no réu”.

Como resultado, logo após o júri, ela acabou deixando o marido. Sua experiência como jurada deu a ela uma melhor perspectiva das ameaças iminentes em sua vida pessoal. Por outro lado, sua vida pessoal a ajudou a servir a justiça.

A série faz algo muito parecido, e pelo que sabemos, um de seus personagens principais, Delphine, é aparentemente inspirada pelo jurado mencionado anteriormente. Ela também acaba deixando o marido enquanto exerce suas funções de jurado. E isso, por sua vez, lhe dá uma melhor perspectiva das intenções do acusado.

Junto com isso, a série adota uma abordagem muito imparcial das ideias que coloca sobre a mesa. Não critica o sistema do júri, nem o julga. Em vez disso, assume um meio termo, onde apresenta suas vantagens e desvantagens. E, finalmente, permite que você seja o juiz. Mesmo no que diz respeito à representação de criminosos, nunca dá uma olhada unidimensional em seus motivos e não os julga. Então, apenas ao desfocar as linhas entre o bem e o mal, isso simplesmente mostra como o mundo real funciona.

E você, gostou de Doze Jurados? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando todas as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
  • Fonte do texto via The CinemaHolic.