Ex-ator de Grey’s Anatomy faz cena de nu frontal na série Euphoria e comenta

Eric Dane, ex-Grey’s Anatomy, protagonizou cena polêmica da série Euphoria

A estreia da série Euphoria na HBO começou fazendo burburinho. O primeiro episódio, exibido neste domingo (16), foi bastante comentado nas redes sociais principalmente devido aos momentos fortes e picantes.

Uma das cenas mais perturbadoras da série, entretanto, foi protagonizada pelo personagem de Eric Dane. O ator, conhecido por ter interpretado o personagem Mark Sloan em Grey’s Anatomy, apareceu completamente pelado de forma frontal. Além disso, o pênis mostrado em cena aparece ereto. Entretanto, o contexto é que deixa delicado e perturbador: seu personagem faz sexo violento com uma garota trans, do ensino médio, que frequentava a mesma escola do seu filho.

O ator, em entrevista para a EW comentou a cena, e revelou que precisou usar próteses peniana para filmá-la. Entretanto, ele estaria apto a fazer qualquer tipo de cena de nudez se fosse solicitado.

Estou disposto a fazer qualquer coisa que seja construtivo para a história e crucial para criar uma sensação muito real e verdadeira de como a história vai desenvolver“, disse ele à EW. “Eu não vejo como filmar uma cena como essa sem mostrar nudez. E, você sabe, isso corresponde às apostas. As apostas são tão altas que você não pode usar nada de verdade.”

Depois de alguma deliberação, Dane optou por usar próteses para ser mais “atencioso” com sua parceira de cena, a novata Hunter Schafer. “Eu sugeri: ‘Veja se faz mais sentido não usar prótese, estou disposto a ir para lá’“, disse ele. “No final do dia, por causa do contexto, decidimos que era o caminho a se fazer, usar uma prótese. Chegamos a essa decisão como um grupo.” Dane ainda revelou que tem muito mais por vir.

Polêmicas

Euphoria criou polêmicas antes mesmo de estrear. O Presidente do Conselho de Pais para Televisão, Tim Winter, alertou as suas preocupações em um comunicado para a imprensa. Na sua fala, ele destaca que a “HBO, com sua nova série centrada no ensino médio, parece estar comercializando o conteúdo adulto de forma intencional para jovens. E isso inclui sexo, violência, profanação e uso de drogas, voltada para o público adolescente e pré-adolescente”.

Criado por Sam Levinson, filho do diretor de Hollywood Barry Levinson, a série segue um grupo de estudantes do ensino médio. Assim, eles  “eles navegam em amor e amizades, em um mundo de drogas, sexo, trauma e mídias sociais“, diz a sinopse oficial da série.

Leia também: Crítica – Euphoria capricha no visual, mas não impacta como esperado

Share this post

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.