Grey’s Anatomy: Ator diz que Ellen Pompeo recebeu para não expor abusos nos sets

Interprete do Dr. Burke soltou o verbo contra Ellen Pompeo e Patrick Dempsey em entrevista na rádio.

Ator Greys Anatomy Ellen Pompeo
Continua após publicidade

Grey’s Anatomy possui 18 temporadas e, há 17 anos, é alvo de polêmicas quando se trata dos seus bastidores. Uma das figuras que mais se envolveu em polêmicas, aliás, é o ator Isaiah Washington. Nas três primeiras temporadas, ele interpretou o Dr. Preston Burke e retornou em um episódio da décima temporada para o desfecho de Cristina.

Continua após publicidade

Mas, neste meio tempo, o ator vive falando sobre algumas polêmicas da série. Dessa forma, na quarta-feira, 27, sua mais recente declaração envolveu o nome da atriz Ellen Pompeo, que interpreta a grande protagonista, a Dra. Meredith Grey.

As novas polêmicas

Isaiah Washington falou sobre suas experiências nos sets de Grey’s Anatomy, e o que ele disse foram muitos elementos tóxicos em jogo, envolvendo figuras-chave do drama médico da ABC, em particular o ex-ator da série, Patrick Dempsey.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Leia também: Cena insana de Cristina em Grey’s Anatomy foi longe demais

Washington, 58, revelou tudo isso em uma entrevista na rádio KBLA Talk 1580 com Tavis Smiley. Ele disse que Ellen Pompeo, 51, recebeu U$ 5 milhões de dólares por baixo dos panos “para não contar ao mundo o quão tóxico e desagradável Patrick Dempsey realmente era anos atrás”.

Além disso, o interprete do Dr. Burke ainda disse que ele “foi usado como bode expiatório”, quando o demitiram da série em 2007, após ter sido acusado de usar uma “calúnia homofóbica” contra seu colega de elenco T.R. Knight (que fazia o George).

Continua após publicidade
Ator Grey's Anatomy
Imagem: Divulgação.

Ator tinha problemas com Patrick Dempsey nos sets de Grey’s Anatomy

Igualmente, ele disse no programa de rádio que “existia uma agenda para encobrir o comportamento tóxico e ruim de muitos dos meus ex-colegas de elenco de Grey’s Anatomy… e no topo disso estava Patrick Dempsey.”.

Continua após publicidade

No entanto, Washington disse que sua tensão com Dempsey, 55, era inicialmente baseada nas finanças.

Continua após publicidade

“Eu era a pessoa mais bem paga em Grey’s Anatomy, ao lado de Patrick Dempsey”, disse ele. “Aparentemente, vazou, então, havia muito ressentimento. Eu entendo isso, mas foi baseado em minhas funções e meu currículo. Eu não posso evitar isso. Ele se chamava Pilot Poison. Ninguém o queria no show. Eles queriam Rob Lowe”.

Continua após publicidade

Leia também: Volta de Addison no 18×03 de Grey’s Anatomy emocionou

Washington acrescentou que Dempsey “não foi um cara legal desde o primeiro dia”, lembrando uma conversa com o produtor Peter Horton e Dempsey, logo no começo.

Continua após publicidade

“Eu estava na mesa de leitura, Peter Horton veio e disse: Achei que tivéssemos nos livrado de você. Patrick Dempsey entra, acho que não poderia vê-lo com o reflexo, levanta as mãos, e falou ‘O que ele está fazendo aqui?’. Bem, esse é o primeiro dia.”.

Washington afirmou que Dempsey fez declarações com acusações raciais para ele, enquanto estava no set.

Assim que conversei com ele, ele disse ‘Isaiah, você sabia que os homens brancos são os mestres do universo?’ E eu disse: ‘Você realmente acredita nisso?’, então ele respondeu: ‘Com certeza‘.

Grey's Anatomy série
Imagem: Divulgação.

Ator também detalhou confronto com outros colegas

Sobre o episódio envolvendo as declarações homofóbicas que ele teria feito ao ator T.R. Knight, ele também deu a sua versão. Washington disse que Knight, 48, não estava presente quando ele usou a frase ofensiva, e que a história com Dempsey foi distorcida para fazê-lo parecer mal.

“Passou de nós tendo uma briga, que nunca foi uma briga, para eu dizer algo sobre T.R.”, disse Washington, acrescentando que foi “coagido a se desculpar” para manter seu lugar em Grey’s Anatomy.

Na entrevista, Washington afirmou que Pompeo ficou “nervosa” com a agitação em torno de outros artistas da série, incluindo ele próprio e Sandra Oh.

“Ela não conseguia acreditar que todos estavam mais interessados em mim e em Sandra e em todos os outros do que ela”, disse ele. O ator ainda acrescentou que “não ficou chocado” com a revelação de Pompeo, no mês passado, de que ela entrou em conflito com Denzel Washington, quando o vencedor do Oscar dirigiu um episódio da série em 2016.

Até o momento, nenhum representante de Ellen Pompeo ou Patrick Dempsey respondeu às declarações.

E então, você acredita nas palavras do ator que fazia o Dr. Burke em Grey’s Anatomy?