Herói ou Vilão: Hank Voight não merece pagar por seus crimes em Chicago P.D.?

Imagem: NBC/Divulgação
Imagem: NBC/Divulgação

Final da 5ª temporada decide futuro do personagem…

Chicago P.D. encerra hoje (09) a sua corrida nesta temporada, e com essa season finale teremos algumas respostas a cerca do destino de Hank Voight na série. Analisando o contexto como um todo, eu terminei o episódio 21 da quinta temporada me perguntando: será que não está na hora de Voight pagar por seus crimes?

Continua após publicidade

Personagem caminha em uma linha tênue entre o bem e o mal! 

Voight está entre essa dualidade de herói e vilão desde a primeira vez que apareceu na franquia Chicago, estão lembrados? O personagem veio de Chicago Fire, e lá arrumou muitos problemas com o protagonista Matthew Casey, deixando claro que não jogava para perder. E foi assim, desde então.

Continua após a publicidade

A todo instante, Voight sempre se mostrou apto a praticar corrupção, e em outras séries com temáticas policiais ele já teria rodado desse cenário há muito tempo. Seus métodos, nada convencionais, são muitas vezes contestados por profissionais da área nos Estados Unidos.

Continua após publicidade
Imagem: NBC/Divulgação

[spacer height=”10px”]

Afinal, é preciso mesmo toda essa violência para sobrevier em Chicago? Olhando por um lado, talvez seja sim uma saída encontrada para ser um policial em uma das cidades mais perigosas do mundo. Porém, muitas das coisas que Voight faz são erradas. Apoiar isso, não seria apoiar qualquer tipo de corrupção?

Continua após publicidade

Claro, ele é um dos protagonistas, e um dos rostos da série. Mas me incomoda o fato de Voight ter passado cinco temporadas e saído impune muitas vezes das atrocidades que ele já cometeu. Não seria a hora dele pagar por isso?

Afinal, não adianta fazer o bem, se ele cobre o mal ali na frente. E eu não sou obrigado a torcer por um personagem que faz coisas erradas a todo o momento.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!
Continua após a publicidade

Momento certo, circunstâncias erradas… 

Eu creio que essa caça ao Voight veio de forma errada na série. Com a história de Woods, a busca ao Sargento Hank Voight se tornou uma perseguição, justamente para fazer o público torcer a favor do policial. Claro, vendo Woods fazer de tudo para colocar Voight atrás das grades, dá mesmo raiva… Mas acredite, ele não está fazendo nada que Voight não mereça.

Mas convenhamos, essa quinta temporada está sendo bem aquém do que queremos para Chicago P.D.. Casos chatos, essa perseguição insistente para cima de Voight, além claro das historinhas sem sal dos outros personagens. Nessas horas, digo sem dúvidas: “que saudades das histórias da Lindsay“. Elas dominavam a série, mas pelo menos em um bom sentido, dando pique e agilidade para as tramas.

E como acabaríamos com isso?

Um final para essa trama, digno, seria tanto Al quanto Voight ficar atrás das grades. A reforma que a Polícia de Chicago vem recebendo na vida real precisa ser retratada em tela, e eu queria muito que estes métodos do Distrito de Chicago P.D. fossem colocados em questão.

Continua após a publicidade

E não seria tão ruim, ao final, ver Antonio assumindo a liderança do time. Afinal, lá no primeiro episódio de Chicago P.D. o personagem mostrou que estava ali para fazer esse contra-ponto com Voight. Um equilíbrio que a série precisava.

[spacer height=”10px”]

Hoje a noite descobriremos o futuro de Voight. E você, para o que torce? Quer que ele continue impune por seus crimes, ou acha que há a necessidade dele pagar por tudo o que já fez?

Leia mais: Crítica – Diante da crise, episódio 5×21 de Chicago P.D. deixa a pergunta, Voight tem um plano?