Jerry Seinfeld diz que demissão de Roseanne foi “excessiva”

Roseanne, Jerry Seinfeld, ABC, The Conners,
Imagem: NBC/Divulgação; ABC/Divulgação
Roseanne, Jerry Seinfeld, ABC, The Conners,
Imagem: NBC/Divulgação; ABC/Divulgação

Será que vai rolar uma conversa com café?

Em entrevista ao USA Today, Jerry Seinfeld disse ainda não ter entendido o porquê a ABC demitiu Roseanne Barr. De acordo com o comediante, Roseanne entraria em colapso em virtude do comportamento da protagonista, fazendo com que a decisão da emissora fosse excessiva. As informações são do IndieWire.

Continua após publicidade

Eu nem sei porque eles fizeram isso,” admite Seinfeld. “Acredito que você não precisa matar alguém que está cometendo suicídio. Eu vejo a demissão como excessiva. Ela já estava morta,” argumenta. Quanto a decisão da ABC encomendar The Conners, série derivada de Roseanne sem sua protagonista, Seinfeld traz uma visão diferente.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Continua após publicidade

Penso que eles deveriam encontrar outra Roseanne,” disse em conversa com o Entertainment Tonight!. “Eles trouxeram Dan Conner de volta, mesmo morto eles trouxeram ele de volta. Então, porque nós não podemos ter outra Roseanne? Há outras mulheres engraçadas que podem interpretar a personagem. Vocês precisam colocar a comediante lá. Eu odeio ver uma comediante sendo demitida,” conclui.

Embora pareça simples nas palavras de Seinfeld, ainda não há uma decisão sobre o que os produtores e roteiristas farão com a personagem título no spin-off. A condição para ABC aprovar The Conners era o não envolvimento de Roseanne, mas os telespectadores merecem uma resolução.

Continua após publicidade

As entrevistas feitas pelo ator fazem parte da tour para promover Comedians in Cars Getting Coffee, cuja 10ª temporada estreia na Netflix em 06 de julho.

Leia mais: Seinfeld – o Nada nunca foi tão interessante…