Quem é Vecna em Stranger Things? A verdade e origem do vilão

O vilão da 4ª temporada de Stranger Things é um dos mais assustadores da série. Qual a origem da ameaça que aterroriza Hawkins?

Stranger Things

A quarta temporada de Stranger Things é mais cruel, mais sombria e ainda mais horrível do que seus antecessores, e em parte isso tem muito a ver com Vecna.

Continua após publicidade

O último demônio de Hawkins faz o demogorgon parecer um cachorrinho fofinho. Até agora, a contagem de corpos de Vecna ​​é de pelo menos cinco, se você incluir os assassinatos de Alice Creel (Livi Burch) e Virginia (Tyner Rushing) nos anos 50.

Agora, ele está perseguindo Max (Sadie Sink) e Nancy (Natalia Dyer). Mas quem é Vecna ​​e o que podemos esperar dele na próxima temporada de Stranger Things na Netflix

Continua após publicidade

Em suma, Vecna, em sua forma humana, era filho de Victor Creel (Kevin L Johnson). O garoto desenvolveu habilidades nos anos 50 e assassinou sua mãe e irmã antes de culpar propositalmente seu pai.

Em uma infeliz reviravolta dos eventos, ele foi levado pelo Dr. Brenner (Matthew Modine) – o mesmo médico que torturou Eleven. 

Anos após, depois de uma onda de assassinatos hediondos, ele foi mandado para o Upside Down por Eleven. Esse mesmo ato desencadeou uma cadeia de eventos gerou portais para a outra dimensão, além do desaparecimento de Will.

Continua após publicidade

Quem é Vecna?

Vecna ​​tem fortes inspirações no RPG. Na mitologia do jogo, ele seria uma espécie de mago que usou magia proibida para se tornar imortal. De acordo com a tradição de Dungeons and Dragons, o mago morto-vivo foi destruído em batalha, deixando para trás apenas uma mão e um olho.

Essas relíquias se tornaram itens poderosos que os mestres de D&D podiam distribuir como recompensas para seus jogadores, mas para usar esses restos o jogador teria que cortar seu próprio braço ou arrancar seu olho. 

Como Chris Perkins, arquiteto de jogos e design de D&D, o descreve, Vecna ​​é frio e calculista. Em entrevista à TIME, Perkins disse:

Continua após publicidade

“Acho que nunca nos aprofundamos nas camadas da psique que revelariam algo além disso.”

Leia também: Crítica: Stranger Things 4 prova que é a melhor série da Netflix

Ele sempre é deliberadamente escalado como uma figura enigmática ou sombria ou misteriosa cujos verdadeiros motivos tendem a ser inescrutáveis, mas acho que sempre que ele apareceu, ele foi frio e calculista”.

Parece que ambas as versões de Vecna – a da série e dos jgoos – compartilham um passado complicado com suas mães. Peter (Jamie Campbell Bower), também conhecido como Henry Creel, também conhecido como Vecna, expressa um profundo desdém por sua mãe depois que ela tenta obter ajuda profissional para curar sua ‘natureza perturbada’. Este ato lhe rendeu um lugar na sepultura.

Sua animosidade em relação a ela tem semelhança com a Vecna ​​de D&D, que via sua mãe como uma mulher má que sacrificava animais (muito parecido com o Vecna ​​de Hawkins) e se alinhava com seres monstruosos. Essa crueldade ajudou a moldar o personagem tanto na vida quanto na morte.

A história de origem de Vecna nos jogos

Da mesma forma que o personagem de Stranger Things, Vecna, de acordo com a tradição de D&D, já foi um mero humano que desenvolveu uma obsessão pelo poder. Vecna ​​perdeu sua humanidade, inicialmente ganhando o lichdom (tornando-se um poderoso mago ou dragão preservado como um morto-vivo através de um poderoso ritual) antes de ascender à divindade.

Ele era um mortal, [mas] ele está sempre procurando a próxima grande coisa”, explica Perkins. “A divindade foi sua busca por muito, muito tempo.

Quais são os poderes de Vecna?

O Vecna dos jogos tinha uma propensão para adquirir e manter segredos que ele acreditava serem a fonte do verdadeiro poder. Para Vecna, cada ser guarda um único segredo que pode ser manipulado para causar sua queda. Com isso, ele ganharia domínio sobre os outros.

A versão de Hawkins pode não conhecer os segredos de sua vítima em si, mas sabemos que ele é capaz de verificar sua dor e trauma mais profundos e ocultos para usá-los como ferramenta de tortura.

Leia também: Stranger Things, final explicado da 4ª temporada e o que acontece

Para a primeira vítima, Chrissy (Grace Van Dien), o relacionamento destrutivo com sua mãe foi estopim para Vecna persegui-la. Para Fred (Logan Riley Bruner) foi seu atropelamento fatal. Enfim, descobrimos que Max está consumida pela culpa após a morte de Billy.

Vecna ​​também parece ter desenterrado alguma culpa que Nancy está guardando sobre a morte da melhor amiga Barb. Ele usa suas tragédias para imobilizar sua presa em transe antes de atacar forte e rápido.

A capacidade de Vecna ​​de paralisar suas vítimas combina com os poderes de D&D, nos quais ele era capaz de paralisar as pessoas com o toque. O controle da mente também estava entre seus outros numerosos poderes.

Como Vecna ​​se desenvolverá na 5ª temporada?

O crescimento de Vecna nos jogos veio após 1989. Isso significa que a quarta temporada de Stranger Things, que se passa em 1986, é anterior.

No entanto, isso não significa que não veremos as características mais intrincadas de Vecna ​​no programa. Se isso for verdade, Vecna ​​pode estar se tornando muito mais poderoso do que antecipamos e já prevemos que ele seja muito malvado. 

Leia também: Stranger Things 4: música que Max ouve vai pro topo, 37 anos depois

Perkins categoriza os vilões: “Se eu fosse pegar minha lista dos três principais vilões, provavelmente seria Vecna, que é o lich icônico; Strahd, que é o vampiro icônico; e provavelmente Demogorgon, que é o lorde demônio icônico.” O que lhe dá uma ideia de quão assustador ele tem potencial para ser.

Isso conflita um pouco com a teoria de Dustin. O garoto afirma que Devorador de Mentes é o cérebro por trás de toda a tristeza do Mundo Invertido.Vecna estaria, então, ​​fazendo o papel de seu general.

Vecna, no entanto, provou ser poderoso por si só e, portanto, é muito provável que ele não seja tão facilmente derrotado do segundo volume da quarta temporada. Também é possível que ainda não tenhamos visto toda a extensão de seus poderes, já que ele ainda está ganhando força.

Jornalista, curioso e viciado em cultura. Escreve há quase 10 anos no Mix e Six Feet Under é sua série favorita.