Ryan Murphy revela que futuros de American Crime Story e Feud são incertos

Imagem: Hollywood Reporter/Divulgação

Continua após as recomendações

A segunda temporada de American Crime Story pode até ter chegado ao fim ontem, 21, mas isso não significa que o produtor Ryan Murphy terá uma folga.

Murphy, um dos nomes mais requisitados da TV atual, tem vários projetos já engatilhados. No fim ano, veremos mais uma temporada de American Horror Story. Ele também passará, a partir de julho, a produzir conteúdo exclusivamente para a Netflix, após assinar um contrato milionário.

Continua após a publicidade

Há ainda expectativa sobre uma nova temporada de ACS: Katrina e a continuação de Feud. Ryan falou sobre o andamento destas, que podem demorar um pouco para ir ao ar. Veja o que ele comentou:

American Crime Story – Katrina ainda no forno

A temporada de American Crime Story que abordará o drama vivido nos hospitais de New Orleans após o furação Katrina ainda tem futuro incerto.

Essa é uma série em que temos muitas coisas ainda cozinhando. Nós literalmente editamos o final de Versace na semana passada, então ainda não tomamos essa decisão”, explicou Ryan Murphy.

“Nós não teremos outra Crime Story a menos que tenhamos os roteiros concluídos. A razão de Versace ter saído rápido foi porque Tom Rob Smith [roteirista] tinha um ponto de vista sólido sobre. Não tenho pressa de avançar com qualquer coisa, a menos que seja perfeito”, ressaltou o produtor.

Segundo ano de Feud

Já o segundo ano da antalogia Feud, que mostrará o divórcio da Princesa Diana e do Principe Charles, ainda está sendo discutido com a Fox.

Ainda estamos decidindo. Eu tenho um novo contrato com a Netflix e ainda tenho todas as minhas séries com a Fox. Não quero fazer algo a menos que os roteiros estejam prontos e o elenco esteja preparado. Estou tomando meu tempo e tentando acertar tudo“, explicou.

Ryan ressaltou que seu contrato com a Netflix não afetará suas produções no ar na Fox e que ele mantém um bom relacionamento com o estúdio.

E por falar em folga? Talvez Ryan consiga alguns dias na próxima década.

Nenhum comentário

Adicione o seu