The Walking Dead: a verdade não dita sobre Alexandria

Os segredos sobre a Alexandria de The Walking Dead

The Walking Dead 11 temporada série

Com base na aclamada série de quadrinhos do criador Robert Kirkman, The Walking Dead da AMC se tornou um sucesso da televisão desde sua chegada em 2009. Agora a caminho de terminar em 2022, a série acumulou 11 temporadas no total e mais de 150 episódios. Totalizando uma exibição de tela com a qual a maioria das séries sonham.

Continua após publicidade

Para não mencionar, The Walking Dead ganhou inúmeros prêmios. Bem como diversos elogios, principalmente graças ao seu retrato único de sobrevivência desesperada em um mundo atormentado por turbulências.

Continua após a publicidade

Ao lado de heróis como Rick Grimes (Andrew Lincoln), Michonne (Danai Gurira) e Daryl Dixon (Norman Reedus), os telespectadores viajaram através de suas TVs para uma civilização dilacerada por monstros comedores de carne. Dada a fome constante e o número absoluto de mortos-vivos, cada dia era uma luta para os poucos humanos que viviam entre eles. E, claro, não importando a orientação de sua bússola moral.

Continua após publicidade

Em meio ao caos, vários indivíduos criaram personas perversas para si próprios. E, além disso, pisaram em quem era necessário em nome de permanecerem vivos. Mesmo assim, os mocinhos seguiram em frente e encontraram segurança onde puderam.

Quando se tratou de buscar abrigo, os protagonistas de The Walking Dead experimentaram um punhado de bases potenciais. Tudo isso, antes de se estabelecerem na Zona Segura de Alexandria. Esta é a verdade não contada da comunidade de sobreviventes da Virgínia que eles chamam de lar.

Continua após publicidade

Alexandria sobreviveu a todos os assentamentos de sobreviventes anteriores

Alexandria apareceu pela primeira vez durante a quinta temporada de The Walking Dead. Especificamente, no episódio “The Distance“. Rick e sua equipe encontram um estranho chamado Aaron (Ross Marquand) e suspeitam imediatamente dele e de suas intenções.

Eles não conseguem se livrar da sensação de que ele é uma ameaça em potencial. Mas acabam baixando a guarda e o seguindo até sua casa de qualquer maneira. Então, ele os leva direto aos imponentes portões de Alexandria. E é lá onde esperam pacientemente que as portas se abram e seus residentes os recebam dentro.

Leia também: 11×04 de The Walking Dead não funcionou com trama de Daryl

Depois de passar grande parte da 1ª temporada no acampamento de Atlanta, uma boa parte da 2ª temporada na fazenda da família Greene e as 3ª e 4ª temporadas no Centro Correcional de West Georgia, os espectadores pensaram que a introdução de Alexandria seria por um de dois caminhos. Ou traria consigo o surgimento de uma nova ameaça, ou o grupo ficaria lá por mais ou menos uma temporada e seguiria em frente.

The Walking Dead Alexandria
Imagem: Divulgação.

No entanto, nenhuma das previsões se concretizou totalmente. Visto que Alexandria ainda existe até hoje, tendo se recuperado de alguns tempos sombrios. Sua permanência no programa da 5ª à 11ª temporada torna a comunidade o assentamento de sobreviventes mais ocupado da história de The Walking Dead. E também, o favorito dos fãs.

Alexandria foi a única comunidade sobrevivente a ser reconstruída

Ao contrário de sua estética pitoresca e suburbana e da abundância de recursos, Alexandria não era tão pacífica quanto quando chegou ao cenário da série. Além da ameaça sempre presente de Caminhantes invadindo suas fronteiras, outras facções de sobreviventes mais agressivas viam isso como uma presa fácil.

Primeiro, vieram os Lobos. E depois os Salvadores – liderados por Negan (Jeffrey Dean Morgan). Este último, cuja insensibilidade abalou os residentes de Alexandria e lhes custou um monte de provisões. Eles não ficaram parados por muito tempo, acabando por se envolver em uma guerra total com seus opressores saqueadores.

Foi um conflito brutal e sangrento que acabou envolvendo outras comunidades. Entre elas, a colônia Hilltop e o Reino, mas o povo de Alexandria saiu vitorioso. Infelizmente, a Zona Segura estava em ruínas e prontamente invadida por Caminhantes. Foi assim que viram na evacuação como o único caminho a seguir.

Leia também: Chefe de The Walking Dead fala de polêmica com Negan e Maggie

Embora com a luta terminada e a Guerra dos Sussurradores ainda não acontecendo, os sobreviventes voltaram para sua casa abandonada, para reconstruí-la da maneira mais eficaz possível. Nenhum dos assentamentos anteriores recebeu esse tratamento. Portanto, Alexandria é o único que foi quase destruído, mas posteriormente restaurado e reocupado.

Há uma forte ironia em chamar Alexandria de Zona Segura

No apocalipse zumbi, a morte é uma inevitabilidade trágica. Nem todo mundo sairá vivo, enquanto hordas de monstros em decomposição se aproximam de humanos moralmente corruptos esperando para juntar os cacos. Felizmente, lugares como Alexandria são monumentos à compaixão humana e oferecem refúgio para a maioria das pessoas que seus líderes permitem dentro de seu perímetro.

Como mencionado anteriormente, porém, o infortúnio se abateu sobre a chamada Zona Segura em várias ocasiões na forma de batalhas de pesadelo. Todas as vezes, pessoas comuns que foram prometidas segurança e tranquilidade em um mundo de outra forma horrível encontraram uma morte cinzenta.

Desde o momento em que Alexandria emergiu na 5ª temporada até o início da 11ª temporada, cerca de 100 pessoas morreram em seus terrenos. Este número não conta apenas para seus residentes. Mas várias pessoas que serviram aos Lobos, ao Reino, aos Salvadores e aos Necrófagos durante os conflitos que Alexandria hospedou. Algumas das mortes mais notáveis ​​incluem seu líder de longa data, Deanna Monroe (Tovah Feldshuh), seu filho Spencer (Austin Nichols), bem como o filho de Rick Grimes, Carl (Chandler Riggs). Com esses dados em mente, é fácil ver por que chamar Alexandria de Zona Segura pode ser um pouco desonesto, para dizer o mínimo.

Imagem: Divulgação.

A comunidade de Alexandria é um lugar real

Ignorando sua miríade de questões – tanto vivas quanto mortas-vivas -, Alexandria permaneceu uma constante em The Walking Dead por suas inúmeras vantagens no contexto de um surto de zumbis. Suas paredes fortificadas tornam incrivelmente difícil para os Caminhantes entrarem por conta própria. Além disso, as casas têm um tamanho confortável e podem acomodar vários sobreviventes.

E também funciona como uma fazenda, tornando abundante a comida fresca. Como alguém vagando pelo mundo com poucos suprimentos e lidando com um moral ainda mais baixa, é exatamente o lugar que você gostaria de topar.

Na realidade, a famosa Gin Property em Senoia, Geórgia, nos EUA, forneceu a base para Alexandria (via TV Guide). Daí por que parecia um bairro agradável e bem cuidado à primeira vista. Aliás, a AMC certa vez criou um tour virtual que permitia que você explorasse Alexandria por conta própria, do conforto da sua casa.

The Walking Dead Alexandria
Imagem: Divulgação.

O final dos quadrinhos de The Walking Dead quase girou em torno de Alexandria

É evidente que Alexandria é uma peça importante no quebra-cabeça de The Walking Dead na frente da televisão. Mas e no material de origem? Bem, ela teve uma longa temporada nos quadrinhos também. O local estreou na edição #69, aparecendo pela última vez na edição #187. Indo assim de um refúgio a um campo de batalha, assim como acontecia na tela pequena. No entanto, todos os eventos que vieram definir o lugar nunca teriam se concretizado se Robert Kirkman se prendesse a sua visão inicial da função de Alexandria na história mais ampla das HQs.

No passado, no evento San Diego Comic-Con de 2016 (via CBR), Kirkman ainda estava mergulhado na saga de quadrinhos “Walking Dead“. Ao mesmo tempo, ele estava pensando em como a série terminaria inevitavelmente e, mais importante, onde. “O final mudou“, disse ele a um painel de fãs ansiosos de TWD. E revelou: “Havia uma versão que teria terminado assim que todos chegassem a Alexandria“.

Como sabemos agora, este não foi o final que o amado título da Image Comics recebeu, e ambas as versões de The Walking Dead e Alexandria Zona Segura são melhores para isso.

E então, você gosta dos arcos de Alexandria em The Walking Dead?

Lembrando que a temporada final está exibindo episódios no Brasil, todas as semanas, pelo streaming do Star+.

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.