Charlie Sheen revela arrependimento de Two and a Half Men

Situação polêmica de Charlie Sheen em Two and a Half Men foi pauta de ator em entrevista.

Two and a Half Men Charlie Sheen
Continua após publicidade

O famoso ator Charlie Sheen resolveu falar sobre sua experiência ao fazer a famosa série de comédia Two and a Half Men. E, da mesma forma, também falou sobre os arrependimentos que ele teve em relação às suas decisões com a produção.

Continua após publicidade

Em uma conversa, a estrela detalhou sua experiência na série e como ele reagiu a tudo o que aconteceu.

Relembrando os tempos de Two and a Half Men

Durante uma entrevista ao Yahoo! Entertainment, Charlie Sheen disse, “As pessoas sempre me abordaram e falavam: ‘Ei, cara, isso foi tão legal, foi tão divertido de assistir.“, ele começou.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Leia também: O verdadeiro motivo que fez ator de Two and a Half Men sumir

“E realmente foi tão legal fazer parte e apoiar e toda aquela energia. E, você sabe, nós colocamos isso para a série. Meu pensamento por trás disso é: ‘Oh, sim, ótimo. Estou muito feliz por ter trocado a aposentadoria precoce por uma hashtag [palavrão].'”

Durante a entrevista, no entanto, ele também mencionou sua decisão de exigir um aumento salarial em Two and a Half Men e o arrependimento em torno de tudo isso: “Havia 55 maneiras diferentes de lidar com essa situação e escolhi a de número 56.”

Continua após publicidade

“E então, você sabe, eu acho que o crescimento para mim pós-colapso ou durante o colapso – como você quiser rotulá-lo – tem que começar com a posse absoluta de meu papel em tudo isso.”

Continua após publicidade

O ator, além disso, confessou que hoje vê que ele deveria ter lidado com a situação nos bastidores de Two and a Half Men um pouco diferente. E “talvez, não ter feito tanto escândalo como fiz“, na época.

Continua após publicidade

A briga de Sheen com o criador, Chuck Lorre, acabou resultando na demissão da estrela. Então, ele foi substituído posteriormente pelo ator Ashton Kutcher.

Continua após publicidade
Two and a Half Men Charlie Sheen
Imagem: Divulgação.

A partida de Charlie Sheen da série

A produção de Two and a Half Men foi suspensa em janeiro de 2011, enquanto Charlie Sheen entrava na reabilitação, após meses de comportamento questionável, relatou à People na época. Em fevereiro de 2011, Sheen disse à ABC News que sobreviveu ao uso de drogas porque tinha “sangue de tigre“. Foi então que ele cunhou sua frase de efeito, “#winning“.

Continua após publicidade

Leia também: Two and a Half Men tem episódio que foi longe demais

Naquele mesmo mês, Sheen criticou publicamente o criador de Two and a Half Men, Chuck Lorre, chamando-o de “homenzinho estúpido“, de acordo com a Reuters.

A CBS posteriormente interrompeu a produção da 9ª temporada por completo, e Sheen foi banido do estúdio da Warner Bros, de acordo com o New York Post. Isso o levou a exigir um aumento de 50%, alegando que era mal pago e angustiado. Sheen foi demitido em 7 de março de 2011, de acordo com o Deadline.

Two and a Half Men Charlie Sheen
Imagem: Divulgação.

Atormentado, Sheen, então, deu uma série de entrevistas impressionantes, dizendo que ele era um “feiticeiro” por sobreviver aos sets da série. Em outra entrevista, ele disse: “Estou cansado de fingir que não sou especial. Estou cansado de fingir que não sou um astro do rock de Marte”.

A Warner Bros emitiu um comunicado a respeito de sua demissão, dizendo que Sheen “se envolveu em uma conduta perigosamente autodestrutiva e parece estar muito doente“. Sheen respondeu: “É um grande dia de alegria no Sober Valley Lodge“, de acordo com a Reuters.

Desde então, Sheen teve tempo para refletir sobre esse momento de sua vida. Ele expressou arrependimento por suas ações anteriores na entrevista ao Yahoo! Entertainment e, agora, está focado em seu terceiro ato.