Crítica: 2×09 de Star Trek Discovery revelou o vilão da temporada

Depois de um excelente “If Memory Serves“, Star Trek Discovery entrega mais um bom episódio com “Project Daedalus”.

Spock e Michael

A trama envolvendo a relação entre os filhos de Sarek continua sendo desenvolvida na temporada. Embora Spock e Michael estejam trabalhando juntos para resolver o mistério do Anjo Vermelho, a relação dos dois não é boa. Ainda que a comandante tente de todas as formas, Spock se mostra relutante em perdoa-la.

Em um dos melhores diálogos do episódio, os personagens jogam xadrez e Spock tenta irritar Burnham utilizando movimentos não lógicos. A cena rendeu uma ótima reflexão para Michael. Afinal, por muito tempo ela tem se culpado pelo que acontece com sua família. Como Spock deixou bem claro, a personagem tem o costume de carregar o fardo de todos os problemas do mundo. Mesmo que tais problemas não se refiram a ela.

Durante a série, poucas são as vezes que Burnham é questionada. Embora ela acerte muitas vezes, e coloque o bem dos outros na frente do seu, é preciso entender que ela nem sempre está certa. Ainda que rude, a fala de Spock parece ter sido o que Michael precisava ouvir.

Airiam

Pela primeira vez na série, tivemos um episódio com grande foco em Airiam. Até então, pouco se sabia sobre a tenente. No entanto, apesar de ter gostado do foco dado, fica evidente que teria sido melhor se seu desenvolvimento fosse melhor explorado. Assim como acontece com Tilly e Stamets.

Primeiro descobrirmos que a ciborgue precisa, periodicamente, apagar memórias para que novas possam ser armazenadas no futuro. E, com isso, visitamos lembranças de quando a personagem ainda era completamente humana.

Caso esse passado já tivesse sido explorado e a personagem tivesse mais destaque na série, o final do episódio teria um peso muito maior. Ao decidir que a morte do personagem será importante, é preciso que o espectador se identifique com esse personagem. E é nesse ponto que Discovery falhou.

Mesmo que Airiam tenha aparecido mais na segunda temporada do que na primeira, seu papel na série era muito pequeno. Diferente de outros personagens secundários como Stamets e Tilly. Sendo assim, não teve tempo para que o espectador se conectasse com ela a ponto de que sua morte causasse grande comoção. É claro que a cena da morte é triste. É claro que eu, como espectador assíduo, sofri. Mas o sentimento poderia ter sido muito maior caso eu sentisse um maior carinho pela personagem.

Seção 31 e Spock

Como era de se esperar, a conspiração contra Spock foi confirmada. Desde o início da trama, as acusações contra o oficial não pareciam ter fundamento. Embora o vídeo mostrasse o personagem matando membros da Frota, o passado dele não corroborava com a cena.

No episódio descobrimos que a incriminação de Spock faz parte de um grande plano: não permitir interferência no fim galáctico.

O Controle

Em “An Orbol for Charon“, quarto episódio dessa temporada, Tilly e Airiam são responsáveis por organizar informações de milhares de anos obtidas pela forma de vida nomeada esfera.

Nesse episódio descobrimos que o objetivo de Airiam era enviar todas essas informações para o Controle. A inteligência artificial surge como a grande ameaça dessa temporada.

O Controle ganhou importância com o aparecimento da Seção 31 na temporada. A permanência de Tyler na Discovery foi recomendação da inteligência artificial. Porém, no episódio passado, Georgiou já havia manifestado sua insatisfação com isso. Para ela, a inteligência artificial deveria receber ordens e não fornecê-las. E esse episódio mostrou que ela estava certa.

Projeto Dedalus

Antes de morrer, Airiam pede para que Michael descubra mais sobre o Projeto Dedalus. Tal projeto deve ser fundamental para evitar ou causar o fim apocalíptico da galáxia previsto por Spock. E o próximo episódio promete mostrar mais sobre ele.

Continue acompanhando as notícias e reviews da série aqui no Mix de Séries. Abaixo a promo do próximo episódio.

Nota do Episódio8
Review do nono episódio da segunda temporada de Star-Trek Discovery, da CBS, intitulado "Project Daedalus".
8
Avatar

Matheus Ronconi

Paulista, nerd, viciado em séries e fã do Rei Leão e do Homem-Aranha. No Mix escrevo sobre The Big Bang Theory e Star Trek: Discovery.

No comments

Add yours