Crítica: 7×09 de Chicago PD teve Jay em perigo com acerto de contas

Jay em Chicago PD 7x09

Último episódio do ano deixou fãs sem ar

Chicago PD encerrou sua corrida neste ano com fortes emoções. O último episódio de 2019, exibido nos EUA, colocou um dos nossos queridinhos em risco de vida.

Neste episódio, descobrimos um pouco mais de um envolvimento de Jay, que teve relação com outra história mostrada nesta temporada. Ele estava se sentindo culpado pela morte de Marcus na cadeia (aquele do episódio do reconhecimento facial) e criou laços com a esposa e filho do homem. Só que a inteligência estava metida nisso até o pescoço e, antes mesmo de Jay melhorar de seus ferimentos, a esposa dele poderá jogar tudo na mídia. Claro, Halstead não sabia mais como guardar esse segredo, já que foi muito ruim deixar o filho do Marcus pensando a vida toda que seu pai matou dois meninos. Porém, tudo tem consequências…

Lealdade testada

Sobre a lealdade de Upton, fiquei até surpresa, mas ela acabou entregando o segredo para Voight quando Jay sumiu. Eu achei que ela agiu corretamente, já que se sentiu culpada também por não ter intervindo antes. Tudo acabou girando em torno da mulher que havia roubado drogas que não eram dela. Mas toda a negociação com o dono das drogas foi um fracasso e Jay apanhou muito.

Só que a surra não foi nada, a mulher ficou tão furiosa com nosso Jay que, até mesmo na hora que ele a salvou, levou um tiro. E realmente a espera será horrível até Janeiro de 2020 para saber do desfecho. Não acredito que seja a hora de Healtead. Angela, por outro lado, atirou em um policial. Será que irão trocar a liberdade dela pelo segredo que ela disse que vai espalhar? (Saiba mais da trama deste episódio com SPOILERS)

Continua após a publicidade

Fazendo um panorama dos outros personagens, cada vez gosto mais do desempenho de Upton. Além disso, já começou a chatice do Ruzek com a Kim grávida. Quero apenas ver a cara do Voight quando ele souber. Tenho certeza que ele não vai bolar um chá de fraldas para o baby a caminho. Quanto à Rojas, estou achando ela super entrosada. Darius também deu o ar da graça mostrando que não vai sumir.

Jay acabou pagando com sangue o seu julgamento precipitado sobre Marcus. Portanto, neste último episódio do ano, ficamos ansiosos para saber qual será o destino do detetive, que terminou baleado e entre a vida e a morte. De cara, minha aposta é que ele sobrevive. Serão uns 40 dias de dúvida até lá, mas acho que sobrevive.

Confiram o que vem por aí no dia 8 de janeiro na NBC dos EUA. Será que a série realmente vai matar esse personagem?

 

 

Nota do episódio:10
Review do nono episódio da sétima temporada de Chicago PD, da emissora NBC, intitulado "Absolution". Episódio foi exibido nos EUA pela NBC.
10
Tags Chicago PD
Caroline Marques

Caroline Marques

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.

1 comment

Add yours

Post a new comment