Ex-membros de culto temem que atriz de Smallville saia da prisão domiciliar

Imagem: Divulgação/Warner via Vanity Fair.

Continua após as recomendações

Allison Mack, de Smallville, liderava culto que escravizava mulheres…

O caso do culto sexual envolvendo a atriz Allison Mack, de Smallville, está longe de terminar. Após ser presa e pagar fiança, a atriz aguarda julgamento em prisão domiciliar. Entretanto, a defesa da atriz tem argumentado que Mack quer se reintegrar à sociedade, estudar e trabalhar.

Allison Mack foi condenada e presa pela acusação de tráfico sexual, incluindo a coordenação de um culto de escravidão envolvendo mulheres.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Após ser divulgado que Mack gostaria de voltar a trabalhar, alguns ex-membros da seita estão temendo por sua vida, ou que ela tente algum tipo de contato com as mulheres que eram escravizadas, revelou o RadarOnline.

Uma fonte ligada à uma das mulheres alegou que as ex-escravas “estão começando a ficar à vontade fora do culto”, e ter Mack andando livremente pela sociedade significaria uma total ameaça para todos que já participaram da seita.

É mais do que ridículo, é perigoso. Você é inocente até que se prove a culpa, mas essas são acusações que podem resultar em prisão perpétua. Allison deveria estar realmente na prisão”, completou. Allison Mack ainda revelou que gostaria de frequentar a igreja, e a fonte rebateu tal comentário. “O único Deus que ela acredita é Keith Raniere [suposto líder da seita sexual].

Continua após a publicidade

Dias atrás, uma nova acusação recaiu sobre a atriz. A de que ela teria abusado de uma garota menor de idade, a qual ela estaria tentando levar para o culto. Entretanto, as acusações parecem não ter sido investigadas.

Mack aguarda sentença em prisão domiciliar e poderá pegar prisão perpétua pelos crimes que cometeu.

Leia mais: Ex-atriz de Smallville revela que marcava mulheres com ferro quente em seita.

Nenhum comentário

Adicione o seu