Netflix é processada por O Gambito da Rainha, a um dia do Emmy 2021

Jogadora de xadrez da vida real está processando o grande sucesso da Netflix.

O Gambito da Rainha processo

A Netflix está sendo processada pela campeã de xadrez, Nona Gaprindashvili. O motivo? Devido a uma linha sexista que faz referência a ela na série O Gambito da Rainha. O processo chega até a plataforma de streaming, basicamente, um dia antes da grande noite do Emmy 2021, que poderá consagrar a produção como a Melhor Minissérie do ano.

Continua após publicidade

Depois de passar por sua própria jornada de 30 anos para chegar às telas, O Gambito da Rainha tornou-se um mega-hit improvável assim como Beth Harmon (Anya Taylor-Joy), uma órfã decidida a se tornar a melhor jogadora de xadrez do mundo na era da Guerra Fria.

Continua após a publicidade

Embora Beth Harmon não seja uma pessoa real, Tevis fundamentou sua história na verdade. Por exemplo, em seus agradecimentos pelo livro, Tevis agradeceu aos grandes mestres da vida real Robert Fischer, Boris Spassky e Anatoly Karpov. Dessa forma, a história de Harmon se alinha com a de Fischer.

Continua após publicidade

Sua última partida contra Borgov no episódio final da série espelha o famoso jogo de Fischer de 1972 contra Boris Spassky da URSS. Nesse mesmo episódio, Nona Gaprindashvili, uma das maiores enxadristas da década de 1970, é referenciada por um comentarista de xadrez. “A única coisa incomum sobre ela, realmente, é seu sexo”, disse o comentarista sobre Harmon no episódio. “E mesmo isso não é único na Rússia. Há Nona Gaprindashvili, mas ela é a campeã mundial feminina e nunca enfrentou homens.”

O Gambito da Rainha série
Imagem: Divulgação.

O processo envolvendo O Gambito da Rainha

De acordo com o THR, a Grande Mestre georgiana entrou com um processo por difamação contra a Netflix. Além disso, Gaprindashvili afirma que em 1968 (quando o final de O Gambito da Rainha se passa) ela já havia competido contra pelo menos 59 jogadores de xadrez do sexo masculino.

Continua após publicidade

Leia também: 10 fatos escondidos sobre O Gambito da Rainha que você não viu

Para adicionar sal à ferida, a mestre ficou ofendida com o fato de que a série a chamou de russa. Na verdade, ela era georgiana, um grupo de pessoas que havia sido dominado pela Rússia durante a União Soviética. O processo afirma que a Rússia intimidou os georgianos e invadiu suas terras, inferindo que a Netflix desrespeitou Gaprindashvili com a rotulagem falsa.

Parece que aquele pequeno momento na série realmente não agradou Gaprindashvili. Insistindo em que a série trouxe falsas informações sobre Gaprindashvili, o documento diz:

“A alegação de que Gaprindashvili ‘nunca enfrentou homens’ é manifestamente falsa. além de ser grosseiramente sexista e depreciativa. A Netflix descarada e deliberadamente mentiu sobre as realizações de Gaprindashvili com o propósito barato e cínico de ‘intensificar o drama’. Dessa forma, fazendo parecer que a heroína ficcional conseguiu fazer o que nenhuma outra mulher, incluindo Gaprindashvili, fez. “

Atores de Peaky Blinders e Game of Thrones em nova série Netflix
Imagem: Divulgação.

O que a jogadora de xadrez quer?

Obviamente, Gaprindashvili quer que a Netflix pague. Dessa forma, ela está pedindo pelo menos US $ 5 milhões em danos reais e mais em danos punitivos. Além disso, ela deseja uma ordem judicial para remover a falsa declaração do episódio. Um porta-voz da Netflix respondeu dizendo que, embora respeitem Gaprindashvili e suas realizações imensamente, eles não acreditam que a afirmação tenha qualquer mérito e irão combatê-la.

Leia também: O Gambito da Rainha e as séries mais influentes do mundo no momento

É triste ver uma campeã de xadrez mulher ferida por O Gambito da Rainha, uma série de sucesso que conta uma história notável centrada na mulher. E que, igualmente, empodera as mulheres.

Esse caso traz à tona a situação difícil em que obras de ficção utiliza figuras públicas como base. Embora talvez a produção tenha pensado apenas em mencionar Gaprindashvili como uma pequena homenagem, mas acabou dando tudo completamente errado.

Neste domingo, 19, O Gambito da Rainha concorre a diversos Emmys, incluindo Melhor Minissérie e Melhor Atriz em Minissérie para Anya Taylor-Joy.

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.