Após suicídio, justiça arquiva processo de pornografia infantil contra Mark Salling

Imagem: FOX/Divulgação

 Caso de pornografia contra ator de Glee

As vítimas no caso de pornografia infantil contra o ator de Glee, Mark Salling, devem ficar sem indenização. Isso porque a justiça americana arquivou oficialmente o caso, após a morte do ator.

O pedido de arquivamento foi solicitado pelo Ministério Público dos Estados Unidos. Como o ator morreu antes do anúncio oficial da sentença, a negociação não foi concluída e o julgamento perdeu o poder de pagamento.

Mark Salling ficou famoso por interpretar o rebelde Puck na série musical criada por Ryan Murphy. Desde 2015 o ator enfrentava acusações de posse de pornografia infantil. Em outubro do ano passado, Mark se declarou culpado e fez um acordo com a promotoria.

Continua após a publicidade

Imagem: FOX

Ator cumpriria até 7 anos de prisão

O ator seria condenado em breve e iria cumprir de 4 a 7 anos de cadeia. O acordo também previa que ele se registrasse como um agressor sexual, além do pagamento de U$ 50 mil dólares a cada uma das vítimas que solicitaram.

No dia 30 de janeiro, Mark foi encontrado morto próximo de sua casa. A causa da morte foi asfixia por enforcamento. Após a divulgação da morte, membros do elenco e produtores de Glee prestaram homenagens ao ator na internet.

Italo Marciel

Italo Marciel

Cearense, 28 anos. Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação. Viciado em séries desde que se entende por gente e apaixonado por cinema. O cara que fica feliz em indicar uma boa série ou um bom filme para os amigos.

No comments

Add yours